105 presos em operação da Polícia Civil

Seccional Marcos faz blitz para reduzir os crimes / Foto: Arquivo
Seccional Marcos faz blitz para reduzir os crimes / Foto: Arquivo
 

Há cerca de dois anos no comando da Polícia Civil o delegado seccional mogiano, Marcos Batalha tem conseguido incentivar o seu efetivo no combate à criminalidade. No começo da noite de ontem (24), ele divulgou o resultado da Operação Malha Fina promovida pela Polícia Civil por  24 horas, a partir das 18 horas de quinta-feira. Ao todo foram detidas 105 pessoas envolvidas em tráfico de drogas, roubos e furtos.

À Polícia Civil cabe a missão de elucidar os crimes, mas também prevení-lo através de operações como são promovidas na gestão administrativa do seccional Batalha.

Os policiais efetuaram 54 autos de prisão em flagrante, 19 termos circunstanciados, 4 atos infracionais e cumpriram 44 mandados de prisão. Também apreenderam 6.346 objetos pirateados, principalmente cigarros, cocaína e maconha.

Um sequestro e cárcere privado de uma idosa, de 87 anos, foi esclarecido a partir da localização da vítima e o indiciamento de duas acusadas.

O SIG (Setor de Investigações Gerais). 3ºDistrito Policial, em César de Souza, e o 2º DP, no Jardim Boa Vista, em Suzano, foram as que mais se destacaram, pois cada unidade elaborou 5 autos de prisão em flagrante; seguidas pelo 4º DP, em Jundiapeba (3) e o Garra  (3). Independente do combate eficaz à criminalidade, as repetidas operações da Polícia Civil aumentam a sensação de segurança. O seccional Marcos afirma que as blitze são precedidas de levantamentos dos locais de crimes. (Laércio Ribeiro)