ECONOMIA

65 mil aposentados de Mogi vão receber segunda parcela da antecipação do 13º salário

Agência do INSS de Mogi das Cruzes retomou o atendimento ontem.
FINANCEIRO Cerca de 65 mil aposentados e pensionistas de Mogi das Cruzes beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social vão receber a segunda parcela da antecipação do 13º salário. (Foto: arquivo)

Até o próximo dia 5 de junho, os cerca de 65 mil aposentados e pensionistas de Mogi das Cruzes beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) recebem a segunda parcela da antecipação do 13º salário. O depósito da parte do abono anual teve início nesta segunda-feira e acontece de acordo com o valor e número final do benefício. A medida destina, ao todo, R$ 23,8 bilhões à população mais idosa de todo o país, considerada grupo de risco da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19).

O presidente da União dos Aposentados e Pensionistas de Mogi das Cruzes, Osmir Batista, 83 anos, destaca a importância deste aporte não apenas para ajudar os idosos durante a crise, mas também com o objetivo de movimentar a economia da cidade, afetada pela pandemia mundial.

“Neste momento que estamos vivendo, com esta pandemia e quase 90% das pessoas paradas dentro de casa, sem ganhar nada, este dinheiro da segunda parcela antecipada do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS é muito bem-vindo para aposentados, à família e para a economia de Mogi, que hoje se encontra em grande dificuldade”, explica Batista.

Segundo ele, também diretor da Federação das Associações e Departamentos de Aposentados, Pensionistas e Idosos do Estado de São Paulo, (Fapesp), a principal recomendação da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) aos idosos é que não compareçam às agências para sacar o benefício e, em vez disso, prefiram pagar as despesas por meio do cartão de débito, a fim de que possam se proteger do novo coronavírus.

Além disso, os bancos desaconselham os saques para reduzir o risco de contágio devido à aglomeração de segurados nas agências. Idosos, gestantes e pessoas com deficiência têm atendimento exclusivo, das 9 às 10 horas, sendo que para o restante do público, as agências funcionam das 10 às 14 horas, de acordo com orientação do Banco Central.

De acordo com o calendário do INSS, para aqueles que recebem um salário mínimo, o depósito da antecipação do 13º salário será feito desta segunda-feira até o próximo dia 5 de junho, de acordo com o número final do benefício, sem levar em conta o dígito verificador. Segurados com renda mensal acima do piso nacional terão o pagamento creditado entre o dia 1 e 5 de junho.

Por lei, tem direito ao dinheiro quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente ou auxílio-reclusão. Na hipótese de cessação programada do benefício, prevista antes de 31 de dezembro de 2020, será pago o valor proporcional do abono anual ao beneficiário. É importante lembrar que nesta parcela é feito o desconto do Imposto de Renda (IR).

Já aqueles que recebem benefícios assistenciais (Benefício de Prestação Continuada da Lei Orgânica da Assistência Social – BPC/LOAS e Renda Mensal Vitalícia – RMV) não têm direito ao abono anual.

Em muitas casas, segundo Osmir Batista, o aposentado ou pensionista é o único que não teve, pelo menos por enquanto, sua renda fixa mensal afetada. “Como muitos trabalhadores tiveram os salários reduzidos, o idoso é quem irá ajuda este filho ou neto nesta situação, por isso é importante o recebimento deste abono agora”, explica.

Por causa da quarentena, prorrogada até o próximo dia 31 de maio pelo Governo do Estado, as agências do INSS estão fechadas, mas até que o isolamento social seja suspenso, os segurados podem usar os serviços digitais da Previdência, no site Meu INSS, ou por meio do aplicativo. O número de telefone 135 também segue disponível para informações.

O Diário fez contato com a assessoria de imprensa do INSS questionando o montante que será destinado aos aposentados e pensionistas de Mogi das Cruzes com a antecipação do 13º salário, mas não obteve retorno até o fechamento desta reportagem.


Deixe seu comentário