INFORMAÇÃO

A hora das definições na disputa pela Prefeitura

IMPROVISO Viatura é utilizada como portão na Delegacia Seccional de Mogi e impede a saída de outros veículos pela lateral do atual prédio. (Foto: Eisner Soares)
IMPROVISO Viatura é utilizada como portão na Delegacia Seccional de Mogi e impede a saída de outros veículos pela lateral do atual prédio. (Foto: Eisner Soares)

Deputado Bertaiolli diz que mês de abril deveráser decisivo para escolhas

O mês de abril do próximo ano deverá ser decisivo para as eleições municipais que estarão muito mais próximas. Passada a janela para as mudanças de partidos, estabelecida para março, chegará, finalmente, o momento de se definir quem será o candidato a prefeito do grupo político mais poderoso da cidade, aquele ainda integrado pelo atual prefeito Marcus Melo (PSDB) e pelo deputado federal Marco Bertaiolli (PSD). Este último, indagado pela coluna, se poderia apoiar a candidatura à reeleição de Melo, foi muito claro: “Quem dá o tom para a reeleição é próprio prefeito. Se, em abril, o prefeito estiver bem avaliado em seu mandato, todos vão apoiá-lo; inclusive eu”, disse o deputado, mesmo reprovando o lançamento antecipado da campanha do atual prefeito. Perguntado sobre o que poderia ocorrer se esta futura avaliação, a ser feita, certamente, por um instituto de pesquisa idôneo, não correspondesse às expectativas do grupo político, enfatizou: “Se não estiver bem avaliado, não poderemos deixar a cidade nas mãos de algum aventureiro que possa vencer o pleito”. O parlamentar, no entanto, evita falar em nomes para o caso de uma eventual substituição. “Em abril iremos procurar alguém que possa defender Mogi das Cruzes. Não existe ‘o cara’”, disse Bertaiolli, demonstrando preocupação com o surgimento de algum eventual candidato que possa empolgar o eleitorado e vir a ser um problema para o comando da cidade. O risco de surpresas existe e exemplos não faltam, como nas recentes eleições onde foram eleitos Jair Bolsonaro e dezenas de desconhecidos do PSL. O deputado também faz questão de consignar que “seja do modo que for, apoiando Marcus Melo ou não, uma coisa é inquestionável: o PSD e o PL (partido do ex-deputado Valdemar Costa Neto) vão caminhar juntos nestas eleições. Não ficaria contra o PL em Mogi, de modo algum”, sacramentou ele. O posicionamento de Bertaiolli pode vir a ter algum impacto na corrida sucessória que já começa a ganhar corpo na cidade. Vale começar a prestar atenção no que virá por aí.

Negócios

A Alden Desenvolvimento Imobiliário, responsável pelo empreendimento Reserva da Serra do Itapety, que será desenvolvido na Fazenda Rodeio, lançou esta semana o seu site, por meio do qual pretende compartilhar informações sobre o projeto, anunciar vagas de emprego, esclarecer dúvidas e apresentar as ações ambientais que estão sendo realizadas. Há e-mail para atendimento e um telefone 0800-076-777 para contatos. O site está no www.alden-

di.com.br/reservadaserradoitapety .

Crise

Um bom termômetro dos períodos de crise pode ser o interesse demonstrado por grandes empresas do ramo da construção civil por obras de médio porte, como as do futuro Hospital Municipal Maternidade, que a Prefeitura deverá erguer na Rua Francisco Afonso de Melo, no Distrito de Braz Cubas. O resultado da pré-qualificação mostrou a existência de oito consórcios, formados por duas ou mais empresas, e mais 20 empreiteiras. Todos partem agora para uma ferrenha disputa pela obra, prevista para custar R$ 50 milhões.

Café e debate – 1

A filial de Mogi do escritório LTSA Advogados promove, na próxima terça-feira, entre 8 e 10h30, no auditório do Helbor Concept, o Café da Manhã com Debate, o primeiro de uma série de eventos, produzidos especialmente para convidados, voltados à discussão jurídica de temas atuais e de grande interesse. A “mediação, tecnologia e desjudicialização como novas perspectivas de solução de conflitos empresariais”, terá a participação dos advogados Roberto Lebrão, Aline Anhezini, Dori Boucault e Vitor Andrade.

Café e debate – 2

Os próximos painéis, ainda a serem marcados, irão tratar de especialidades de vanguarda do Direito, que o escritório está disponibilizando em Mogi, como mediação e arbitragem, direito digital e de proteção de dados (atualíssimo, após a divulgação da troca de mensagens entre Moro e Dellagnol), além do previdenciário (resultante das mudanças que advirão com a reforma da Previdência Social). As novas modalidades vieram se somar às tradicionais, já disponibilizadas pelo LTSA, como tributária, societária, civil, do consumidor e trabalhista.

Frase

Toda uma biblioteca de Direito apenas para melhorar quase nada os dez mandamentos.

Millôr Fernandes (1923-2012), desenhista, humorista, dramaturgo, escritor, poeta, tradutor e jornalista brasileiro