LEITURA

Suzano recebe o projeto ‘A Incrível Máquina de Livros’

Projeto de estímulo à leitura, que envolve clássicos da literatura brasileira e escritores infantis de sucesso, estará baseado em Suzano. (Foto: divulgação)
Projeto de estímulo à leitura, que envolve clássicos da literatura brasileira e escritores infantis de sucesso, estará baseado em Suzano. (Foto: divulgação)

A cidade de Suzano recebe de hoje a sábado o projeto ‘A Incrível Máquina de Livros’. O participante leva um livro novo ou usado em boas condições (não pode estar rasgado ou riscado), insere na máquina e aperta um dos dois botões disponíveis – adulto ou infantil – e automaticamente, como um toque de mágica se transforma em outro livro, que ele levará para casa e aproveitará sua nova leitura.

Com capacidade de transformar mil títulos por dia, a ‘incrível máquina’ possui centenas de livros disponíveis, como clássicos da literatura mundial e brasileira, escritoras infantis de sucesso como Eva Furnari e Ana Maria Machado, além das obras dos autores indicados ao Prêmio Jabuti.

Uma novidade para a temporada 2019 é que obras da escritora Conceição Evaristo, homenageada do ano pelo Prêmio Jabuti, integram o acervo do projeto. Os livros transformados, que podem ser novos ou usados, sempre são uma surpresa.

O projeto que vai visitar 9 cidades de 6 estados brasileiros começa por Suzano. A máquina estará na Praça João Pessoa, na área central da cidade, das 10 às 18 horas , e sábado, das 9 às 16 horas. Em 2018, a iniciativa atendeu aos leitores de 21 municípios em 13 estados do País.

COMO MÁGICA Após inserir um livro novo ou usado em bom estado na ‘máquina’, o participante aperta um botão e automaticamente surge um novo título. (Foto: divulgação)

Uma iniciativa da Infinito Cultural, em parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e com o patrocínio da Suzano Papel, o projeto incentiva a leitura e a formação de leitores, atraindo a atenção do público pelo viés da fantasia e da imaginação.

Como a ideia é dar oportunidade para o máximo de pessoas participarem da ação, cada um pode colocar até no máximo três livros. Vale lembrar também que os livros que as pessoas colocarem serão futuramente transformados para outras pessoas e por isso não serão aceitos gibis, livros didáticos e livros técnicos.

Parceiros

Segundo Fauze Hsieh, presidente da Infinito Cultural, promover e incentivar a leitura além de ser uma questão prioritária, é algo motivador. “Em um mundo cada vez mais conectado e digital, é de extrema importância trazer para a pauta do dia, a relevância dos livros na educação e formação, de uma forma leve e descontraída. A proposta de ‘A Incrível Máquina de Livros’ é trabalhar o lúdico e despertar o interesse pela leitura a partir da valorização do objeto livro”, conta ele.


Deixe seu comentário