CARTAS

Absurdos

Seria absurdo, não fosse também lamentável, a exploração desmedida que vem ocorrendo nas vendas de álcool em gel, luvas, máscaras e outros equipamentos de proteção individual para prevenção à pandemia do novo coronavírus.

Os preços cobrados com ágios cada dia mais exorbitantes demonstram muito bem a ganância pelo lucro fácil em cima do desespero de uma população que sofre com o temor de ser atingida pelo vírus da morte.

Cadeia é pouco para quem não respeita um momento como este, em que as pessoas deveriam se ajudar mutuamente, mesmo que à distância. O cafajestismo desses comerciantes que abusam nos preços deveria receber uma punição muito mais longa que os limites de nossas frágeis leis estabelecem.

Claudio Boaventura

claudio.suzano@gmail.com

Bolsonavírus

O senhor presidente confirma, a todo o momento, que é uma pessoa inábil, difícil de relacionamento e curta de inteligência. Inconsequente que é, não passa um dia que não faça ou diga uma de suas temeridades.

Nem parece um presidente da República.

Deveria estar isolado, trancado num quarto a sete chaves.

Marcelo de Lima Araújo

marcelodelimaaraújo@yahoo.com.br


Deixe seu comentário