TRÂNSITO

Acidente deixa um morto e cinco feridos na rodovia Ayrton Senna

Acidente aconteceu na rodovia Ayrton Senna, na altura do acesso à Mogi-Dutra. (Foto: divulgação)

Uma colisão que aconteceu, às 9 horas, desta quarta-feira, 04, na rodovia Ayrton Senna, km 44,9 na altura do acesso à Mogi-Dutra, provocou a morte de Anderson da Silva Rezende, de 41 anos, e ferimentos em Antonio de Pádua Lemos de Oliveira, de 47 anos, e Sandro da Silva Costa, de 44 anos. Outros três feridos, não identificado pela Polícia até o começo da noite de ontem, foram removidos ao Hospital Santa Marcelina, em Itaquá. A colisão causou congestionamento na pista Interior-São Paulo. O corpo de Anderson ficou por ceca de 4 horas no canteiro da estrada, aguardando sua remoção ao Posto do Instituto Médico Legal de Mogi em razão do atraso na recolha por parte da agência funerária.

O delegado Fabrício Intelizano registrou a ocorrência como morte suspeita, morte acidental, lesão corporal culposa na direção do veículo e acidente de trânsito. A Polícia Civil aguardará os laudos do IML e da Polícia Científica para abrir inquérito e apurar os detalhes da colisão.

Segundo levantamentos da Polícia Rodoviária, Anderson dirigia o Fiat Uno, da empresa Tintas Palmares, com destino a São José dos Campos e ao perder o controle entrou na pista contrária, vindo a colidir transversalmente com o Renault Sandero, de uma locadora de veículos, conduzido por Antonio de Pádua Lemos, o qual trafegava no sentido Capital.

Antonio viajava na companhia de Sandro e eles foram levados para o Hospital Luzia de Pinho Melo, no Mogilar, onde permaneceram em observação. No Sandero ainda viajam mais três passageiros.

O Renault Sandero foi apreendido e guinchado até a frente do Distrito Central, no Parque Monte Líbano, e segundo consta no histórico do Boletim de Ocorrência sobre o acidente o Fiat Uno foi levado embora por funcionários da empresa Tintas Palmares.

O acidente foi atendido inicialmente pelo delegado Jaime Pimentel, titular do Sig (Setor de Investigações Gerais) que se deslocava da Capital para Mogi.