AÇÃO

Ações da Guarda Municipal evitam aglomeração durante a quarentena

NAS RUAS Guarda Municipal atua na fiscalização ao cumprimento da quarentena em Mogi das Cruzes. (Foto: divulgação)

Com a prorrogação da quarentena decretada pelo Governo do Estado até o próximo dia 22, a Guarda Municipal de Mogi e o Departamento de Fiscalização de Posturas da Prefeitura, com apoio das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros, manterão os trabalhos para verificar o cumprimento das medidas contra a disseminação do novo coronavírus (Covid-19). Na manhã deste domingo, os agentes municipais evitaram a aglomeração de pessoas na chamada feira do rolo, no distrito de Jundiapeba. Ainda durante o final de semana, 106 estabelecimentos comerciais tiveram suas atividades paralisadas pela corporação, que também prendeu um homem acusado de violência doméstica, em Braz Cubas, e auxiliou na localização de um caminhão que havia sido roubado.

A operação em Jundiapeba ocorreu após denúncia de aglomeração de pessoas e venda irregular de produtos no encontro das ruas Ricardo Rodrigues de Souza e Lucinda Bastos. Ao chegar, as equipes não encontraram pessoas no local. Com isso, foi feito um trabalho preventivo, com os agentes permanecendo no ponto e rondas em outras regiões do bairro.

Desde o início da quarentena, a Prefeitura de Mogi vem fiscalizando o funcionamento de estabelecimentos comerciais e combatendo a aglomeração de pessoas. Aqueles que tiveram as atividades paralisadas neste final de semana são adegas, bares, bazares, bomboniere, cabeleireiros, conserto de eletrônicos, lanchonete, ótica, restaurante, salão de festa e lojas de som automotivo. Nos estabelecimentos de setores que estão liberados a funcionar, é paralisada a atividade não permitida e ele continua funcionando, adaptado ao que determina o decreto.

A população também pode auxiliar neste trabalho com denúncias pelo telefone 153, que funciona 24 horas por dia.

Pico do Urubu

A Guarda Municipal também vem mantendo atenção especial no acesso ao Pico do Urubu, na Serra do Itapeti. O local está interditado para evitar aglomeração de pessoas no ponto.

Somente neste domingo, cerca de 100 veículos foram impedidos de acessar o local. Os responsáveis também foram orientados pela corporação sobre a restrição de uso do local e os riscos de aglomeração de pessoas, frente à pandemia de Covid-19.

Patrulha Maria da Penha

Também no domingo, a Patrulha Maria da Penha deteve um homem acusado de violência doméstica no distrito de Braz Cubas. A Guarda Municipal foi acionada pela vítima, denunciando que ela e a mãe estavam sofrendo violência doméstica. No local, os agentes encontraram a mãe da vítima no portão da residência. Ela contou que a filha e o acusado estavam dentro da casa, que ele havia ingerido bebida alcoólica, com comportamento violento e confirmou a agressão. Os guardas encontraram o homem no quarto do imóvel, discutindo com a mulher. Ele foi conduzido ao 1º Distrito Policial, onde foi registrada a ocorrência. O acusado permaneceu detido na Cadeia Pública, à disposição da Justiça.

Localização de veículo

Já no sábado, o sistema de monitoramento da Prefeitura de Mogi auxiliou na localização de um caminhão que havia sido roubado no último dia 17 de março. Duas pessoas foram detidas pela Polícia Militar. O veículo foi identificado após passar pelo radar do sistema barreira eletrônica na avenida Lourenço de Souza Franco, em Jundiapeba. Os aparelhos possuem tecnologia de leitura de placas e estão conectados ao sistema Detecta.

O veículo passou a ser acompanhado pelas câmeras de monitoramento da Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp) e foi abordado pela Polícia Militar na avenida Presidente Altino Arantes, no mesmo distrito.

Também no sábado, três rapazes foram detidos pela Guarda Municipal após serem flagrados pelas câmeras da Ciemp pichando imóveis na rua Engenheiro Gualberto, na Vila Industrial. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial.


Deixe seu comentário