INFORMAÇÃO

Acordo sucessório em Mogi pode estar nas mãos de Doria

Bertaiolli pode ocupar cargo no governo tucano e apoiar Melo na cidade

O assunto que dominava os meios políticos da cidade durante o dia de ontem era a possibilidade de o deputado federal Marco Aurélio Bertaiolli (PSD), vir a ocupar o cargo de secretário da Casa Civil do governo estadual, como estratégia para uma pacificação na área doméstica e a união com o PSDB em torno da candidatura à reeleição do prefeito Marcus Melo. Bertaiolli estaria balançando diante de tal possibilidade, que daria a ele o status necessário para se afastar, temporariamente, do cargo na Câmara Federal e retornar a São Paulo ocupando um cargo de importância decisiva na articulação política da administração estadual. As articulações estariam ocorrendo entre o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab e o próprio governador João Doria (PSDB), que estaria pronto a efetuar a mudança que solucionaria três questões com uma só canetada. Ele resolveria o problema imediato da campanha eleitoral de seu partido em Mogi das Cruzes, um reduto eleitoral importantíssimo para o tucanato, e ainda levaria para dentro de seu governo um bom articulador político – que, por sinal, ele já havia convidado, no início da atual administração – , além de pavimentar caminho para uma aliança entre os dois partidos para a campanha eleitoral de 2022, quando Doria tanto pode concorrer a presidente, ou à reeleição, em São Paulo. Os comentários que circulavam ontem davam conta de que o prefeito de Mogi, Marcus Melo, estaria acompanhando e participando dos entendimentos, desde que teria ido solicitar a intervenção de Doria para ajudar na articulação da retomada da unidade entre antigos aliados na cidade. Detalhe: a Casa Civil do atual governo doiocupada por Gilberto Kassab, que se licenciou foi substituído, interinamente, por Antonio Carlos Rizeque Malufe.

Candidata

A quadra de ensaios da Estação Primeira de Braz Cubas vai sediar o lançamento da candidatura a vereadora da atual presidente da escola de samba. Na noite desta sexta-feira, Silvania Gomes irá anunciar a decisão de concorrer a uma vaga na Câmara pelo PTC, prometendo lutar pelos direitos das mulheres, pela Cultura e, é claro, pelo Carnaval.

Alac na UMC

“Arquitetura sustentável” será o tema deste ano do Ateliê Livre de Arquitetura Contemporânea, que acontece, neste sábado (14), a partir de 9 horas, no Anfiteatro da Biblioteca da UMC. O evento será resultado de uma parceria entre o curso de Arquitetura da UMC e o Colégio de Arquitetos, dirigido por Paulo Pinhal. Arquitetos especialmente convidados e representantes de outros segmentos da comunidade estarão participando dos debates acerca do tema, mais que atual.

Acessibilidade

Para comemorar os 15 anos da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência, cujo titular é o mogiano Cid Torquato, será realizado nos dias 2 e 3 de abril, em São Paulo, o Seminário sobre Políticas Públicas para Acessibilidade e Inclusão da Pessoa com Deficiência, destinado a compartilhar as boas práticas nacionais e internacioais relacionadas à inclusão da população com deficiência e disseminar os princípios do Pacto Global sobre cidades inclusivas e acessíveis. A ideia é criar uma rede de parceiros comprometidos com inclusão de deficientes e com a acessibilidade.

Partidos

Após haver trocado o PV pelo Podemos, o pré-candidato a prefeito de Mogi, vereador Caio Cunha, já conta com o apoio de mais dois partidos à sua campanha eleitoral: Solidariedade, liderado por Guto Maiolo, e Patriotas. Outras agremiações ainda estão em fase de discussão.

Frase

Os nossos amigos poderão não saber muitas coisas, mas sabem sempre o que fariam no nosso lugar.

Millôr Fernandes (1923-2012), desenhista, humorista, escritor, poeta, tradutor e jornalista brasileiro

Cotidiano

OCULTO Longe das vistas de quem está no interior do Santuário do Bom Jesus, homem descansa na porta principal da tradicional igreja. (Foto: divulgação – Jonny Ueda)


Deixe seu comentário