POLÍCIA

Advogado preso por atacar pai

A polícia apreendeu armas na casa do acusado. (Foto: Divulgação)
A Polícia apreendeu armas na casa do acusado. (Foto: Divulgação)

O advogado Marcos Alexandre Ramos de carvalho, de 51 anos, depois de brigar mais uma vez com o seu pai, Sebastião Carvalho, de 91 anos, na casa da família, no Jardim Santista, em Mogi das Cruzes, ele tentou matá-lo, desferindo um golpe de faca que perfurou um dos pulmões do idoso. Ap´so cometer o crime, ele permaneceu no local e foi capturado pela polícia. No local, foram apreendidas diversas armas utilizadas pelo suspeito.

Familiares denunciaram o advogado, afirmando que ele é usuário de drogas e há tempos vinha agredindo os seus pais. “Eles já tiveram que dormir em hotéis diversos quando o meu irmão Marcos chegava drogado ou bêbado em casa, e também ferido”, lamentou Márcio Sebastião, indignado com o comportamento do advogado.

O delegado João Marcelo Braga, da Central de Flagrante, no Distrito Central, e a sua equipe autuaram em flagrante Marcos Alexandre por tentativa de homicídio qualificado – meio que impossibilitou a defesa da vítima e motivo fútil.

Devido à gravidade dos ferimentos, Sebastião foi levado para o Hospital Luiza de Pinho melo, onde se submeteu a uma operação cirúrgica.

O advogado Marcos estava fora do normal e muito nervoso foi contido pela polícia. O delegado João Braga destacou no auto de prisão em flagrante que ele (advogado) deveria ter a prisão preventiva decretada pela Justiça por representar periculosidade aos seus pais. Por isso, a autoridade requisitou que depois de receber alta médica no hospital, onde está sob escolta policial, deveria ser recolhido à Cadeia de Mogi. O acusado permanecerá em cela especial por causa de sua profissão.

Os procedimentos de Polícia Judiciária elaborados em desfavor de Marcos foram acompanhados pelo advogado Bruno Ferullo, o qual representou a OAB-Mogi, como ordena a legislação.