NOVO RECORDE

Alto Tietê confirma 18 mortes por Covid-19 em 24 horas

O Alto Tietê registrou ontem um grande número de óbitos por Covid-19, alcançando o recorde de 18 vítimas em apenas 24 horas. O total saltou de 165 para 183 – uma elevação de 10,9%, de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica dos municípios. Até então, a maior somatória de mortes atreladas ao novo coronavírus notificadas em um único dia nos municípios da região era 11 – referente a 22 de abril.

Nesta quinta-feira, Biritiba Mirim deixou de ser exceção e registrou dois óbitos. Os casos são referentes a homens de 97 e 52 anos. Agora, todos os 10 municípios do Alto Tietê possuem moradores que perderam a vida em decorrência da doença.

Além de Biritiba, foram notificados óbitos em Arujá (dois homens de 51 e 68 anos e duas mulheres de 88 e 66 anos); Itaquaquecetuba (quatro mulheres de 30, 72, 81 e 43 anos e homem de 44 anos); Mogi das Cruzes (três mulheres de 65, 68 e 70 anos); Poá (uma mulher de 87 anos); Suzano (uma mulher de 53 anos e um homem de 44 anos) e Guararema (uma mulher de 75 anos). Outros 20 falecimentos suspeitos estavam em investigação até o fechamento desta edição.

O total de pacientes diagnosticados com a Covid-19 na região saltou de 1.575 para 1.656 – crescimento aproximado de 5%. As estatísticas das Vigilâncias não deixam dúvidas sobre o avanço do novo coronavírus no Estado de São Paulo, antes concentrado na capital paulista.

Mogi das Cruzes segue com o maior número de pacientes diagnosticados com o vírus em todo o Alto Tietê – no total, 446 moradores testaram positivo, sendo 31 novos casos na comparação com o dia anterior. O município voltou a empatar com Itaquaquecetuba no total de mortos. Ambas as cidades contabilizavam até o fechamento desta edição 42 vítimas fatais da Covid-19 (veja quadro).

Em Mogi, a taxa conhecida da letalidade do vírus é de 9% – considerando apenas os casos comprovados por exames laboratoriais. Já em Itaquaquecetuba esse número chega a 13%.

O vírus apresenta índices mais letais nas cidades menores. Em Santa Isabel, que confirmou quatro casos da doença até a noite de ontem, o percentual é de 25%. Já em Salesópolis, 42%. Os municípios carecem de leitos especializados para atender os pacientes com a doença, conforme noticiado por O Diário.

Estado

Já são 54.286 casos confirmados da Covid-19 no Estado de São Paulo, com uma ou mais pessoas infectadas em 443 municípios, o que representa 68% do território estadual. No total, foram contabilizadas até a noite de quinta-feira, 4.315 mortes relacionadas à doença, sendo 197 confirmações nas últimas 24 horas.


Deixe seu comentário