MEIO AMBIENTE

Aplicativo mapeia a ação de catadores

ESTUDO Daniel Teixeira explicou ontem o funcionamento do aplicativo desenvolvido por alunos. (Foto: Divulgação)
ESTUDO Daniel Teixeira explicou ontem o funcionamento do aplicativo desenvolvido por alunos. (Foto: Divulgação)

O aplicativo de reciclagem criado por professores e alunos do curso de Gestão Ambiental, em parceria com técnicos da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente, ajudará a identificar o volume de material coletado por catadores e sucateiros independentes. A ferramenta foi apresentada ontem no Centro Universitário Braz Cubas.

O secretário municipal do Verde e Meio Ambiente, Daniel Teixeira de Lima, participou do evento ao lado dos professores Robson Paz Vieira e Tassiana Rugoni de Campos. Com o nome de Reciclando, o aplicativo foi desenvolvido por alunos do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, com base no projeto dos estudantes de Gestão Ambiental. Ele está disponível e pode ser baixada no sistema Android.

“É uma novidade muito importante, pois permitirá à Prefeitura conhecer mais o trabalho desses profissionais, que tanto auxiliam no processo de reciclagem. Não tem o caráter de fiscalização, mas sim de diagnóstico”, explicou o secretário Daniel Teixeira. Com o aplicativo já disponível, acrescenta o professor Rubens Paz Vieira, o passo seguinte será o trabalho dos alunos em campo, mapeando a atuação dos catadores e ajudando na formação de uma base de dados sobre o tema.

A presença e a atuação desses catadores contribuem para reduzir o volume de material encaminhado para o transbordo, diminuindo consequentemente os custos de destinação para o município. Em um ano, a expectativa é de que o aplicativo permita conhecer em detalhes a atuação dos profissionais, além do volume de material reciclado.

O aplicativo é mais uma novidade do programa Recicla + Mogi, em operação na cidade desde 2012. Baseado em um acordo de cooperação técnica com o Japão, por meio da cidade de Toyama, o Recicla + Mogi foi responsável pelo aumento no índice de reciclagem, que saltou de 0,5% em 2012 para 5% este ano. Além disso, o caminhão do Recicla Mogi percorre os bairros da cidade três vezes por semana recolhendo lixo reciclável.