Apoio das Forças Armadas

Finalmente o Governo Federal entendeu que a crise carcerária traz riscos também para a “segurança nacional”. E o presidente Michel Temer acerta no conteúdo ao pedir apoio às Forças Armadas para fiscalizar os presídios, desde verificação de equipamentos, controle de entrada de armas, drogas, celulares, etc. Ora, se há tempos a população brasileira é refém desta incontrolável violência urbana, que além de assaltos, sequestros, etc, deixa anualmente um saldo de 60 mil assassinatos, hoje com estas facções, controlando os presídios do País – como o Sindicato do Crime, do RN, concorrente do PCC,que das 32 cadeias do Estado, domina 28 delas – se nada fizermos para por fim nesta anarquia, logo mais irão também governar o Brasil. É bom não duvidar! Mesmo porque hoje estas facções já elegem vereadores e deputados.
E com fartos recursos acumulados com o tráfico de drogas, podem eleger também prefeitos, governadores, e até um presidente da República! E se o Lula e seu PT no poder, fizeram o que fizeram, montando quadrilhas e desviando bilhões de reais das nossas estatais, estas facções criminosas alçadas ao poder desta República vão transformar o Brasil, em terra de ninguém. Contamos com a experiência e esforços das nossas Forças Armadas.

Paulo Panossian
paulopanossian@hotmail.com


Deixe seu comentário