PROBLEMA

Após festa, tubos serão recolocados para barrar acesso ao Pico do Urubu na quarentena

A Prefeitura irá recolocar os tubos instalados a um quilômetro do Pico do Urubu para tentar impedir a circulação de carros e pessoas em um dos pontos mais altos de Mogi das Cruzes durante a quarentena que busca prevenir a propagação do novo coronavírus. As barreiras haviam sido retiradas na quinta-feira última para que se desse continuidade aos últimos serviços realizados para melhorar a infraestrutura turística. Sem elas, dezenas de pessoas voltaram a frequentar o local, descumprindo as regras de isolamento social em vigor até o próximo dia 31.

Sem fiscalização, ao menos em alguns horários do final de semana, imagens do pôr de sol visto desse ponto da Serra do Itapeti circularam em diversas redes sociais no mesmo final de semana em que a Guarda Municipal atuou para inibir aglomerações em festas, conhecidas como pancadões, no Jardim Rodeio e na Ponte Grande, e campeonatos de futebol nos bairros Santos Dumont, César de Souza e Jundiapeba.

Questionado sobre a impropriedade da presença de tantas pessoas no Pico do Urubu, o secretário municipal de Segurança, Paulo Roberto Madureira Sales afirmou que recolocará os tubos que tentam inibir a subida dos carros, mas admitiu que o descumprimento das condutas nessa quarentena é flagrante ali e em outros locais.

“Na semana passada, nós expedimos 94 multas pela falta do uso de máscara em fiscalizações, mas o problema é que as pessoas se fiam na impunidade: se não pagarem as multas, dificilmente terão de arcar por outras consequências. Ninguém vai preso por isso”, reforça.

Segundo ele, rondas serão reforçadas no Pico do Urubu. Multas para pessoas flagradas no local podem variar de R$ 400,00 a R$ 2,7 mil (caso de empresas turísticas). “Temos pedido para as pessoas que puderem permanecer em casa, mas, na prática, muitos não estão mais fazendo isso e nem se colocando no lugar dos pacientes infectados”, resume, prometendo que as fiscalizações prosseguirão para cobrar, inclusive, o uso das máscaras, agora obrigatório para quem estiver nas ruas.


Deixe seu comentário