COMÉRCIO

Área central pode ter mudanças

Projeto que será levado ao prefeito Marcus Melo prevê incentivar compras no Centro (Foto: Arquivo)

Fluxo de veículos em vias, vagas de estacionamento, carga e descarga e placas em vitrines fazem parte do projeto

Neste final de ano, o centro comercial de Mogi das Cruzes pode passar por alterações. As possíveis mudanças, envolvendo o sentido do fluxo de veículos em algumas vias, vagas de estacionamento, carga e descarga além da disposição de placas e promoções em vitrines ou ainda informações nas fachadas dos comércios, fazem parte do projeto-piloto a ser desenvolvido pela Câmara Municipal em parceria com a Prefeitura e Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio), com objetivo de alavancar as vendas de Natal de Ano-Novo.

Parte das propostas foi apresentada em reunião na última terça-feira pelos comerciantes aos membros da Comissão Especial de Vereadores (CEV) “Mogi Mais Viva”/Empreendedorismo, Frente Parlamentar “Centro Mais Vivo”, Sincomércio e Prefeitura.

No encontro, realizado a convite do presidente Sincomércio, Valterli Martinez, na sede da entidade, também estiveram presentes o secretário municipal de Transportes, José Luiz Freire de Almeida, além do comandante da 2ª Companhia da Polícia Militar, capitão Wladimir Uchoas Bittencourt.

Projeto que será levado ao prefeito Marcus Melo prevê incentivar compras no Centro (Foto: Arquivo)

“Há um clamor entre os comerciantes do Centro de Mogi para que sejam adotadas medidas pelo poder público para o incentivo e atração do consumidor à região central da Cidade. Seja por meio de alteração no fluxo do trânsito ou na criação de alternativas para melhorar condições de estacionamento e o acolhimento do cliente, o reforço de segurança ou, ainda, uma maior flexibilidade na Lei Mogi Mais Viva nesta época do ano, são questões que para os lojistas farão toda a diferença nas vendas de Natal e Ano-Novo. Por conta disto, ficou decidida a realização de uma ação conjunta para o desenvolvimento de um projeto-piloto no fim do ano”, explicou o presidente da CEV Mogi Mais Viva/Empreendedorismo, o vereador Francimário Vieira, o Farofa (PR).

Antes do relatório final para entrega ao prefeito Marcus Melo (PSDB), os vereadores e entidades representativas do comércio se reunirão na próxima segunda-feira, às 19 horas, com integrantes da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Mogi das Cruzes (AEAMC), na sede da entidade, no Jardim Armênia.


Deixe seu comentário