SHPP

Assassinato em Ferraz de Vasconcelos é esclarecido

O assassinato de Tiago Alves Pereira cometido em 24 de fevereiro de 2020 em Ferraz de Vasconcelos foi esclarecido pelo Setor de Homicídio de Mogi das Cruzes. As investigações desenvolvidas pelo delegado assistente Charlie Wang indicaram como autores da execução Adeildo Leite Monteiro e Ary Lopes Magalhães.

O delegado titular Rubens José Angelo disse que o motivo do homicídio foi por causa de dívidas. “Iniciadas as investigações apurou-se que a vítima (Tiago Alves) devia uma quantia em dinheiro aos dois autores do crime e ele passou a ser cobrado. Após uma discussão, um dos indiciados atirou em Tiago e depois, ele e o amigo fugiram”, afirmou Rubens.

A pedido do delegado Charlie Wang a Justiça decretou a prisão temporária dos acusados e eles continuavam ontem, recolhidos na Cadeia Pública de Mogi das Cruzes.

De acordo com o titular da Homicídios, ao concluir o inquérito, o SHPP vai requisitar ao Fórum de Ferraz que a temporária se torne em prisão preventiva, de forma que os acusados permaneçam no presídio até serem julgados.

Na ação que resultou na elucidação do homicídio doloso (com intenção), foram mobilizados investigadores e a escrivã Gláucia, além do delegado Charlie Wang.


Deixe seu comentário