CARTAS

Assassinos de Marielle

Mesmo com a grande pressão da sociedade e entidades ligadas aos Direitos Humanos, somente depois de um ano e de muitas indagações sobre a competência ou isenção para investigar, a polícia do Rio de Janeiro, finalmente prende os assassinos da ex-vereadora Marielle Franco.

Os criminosos são dois PMS, um reformado Ronnie Lessa, e outro que foi expulso da corporação Élcio Vieira Queiroz, que mora no mesmo e luxuoso condomínio de Jair Bolsonaro, no Rio. Crime esse que reverberou pelo mundo.

Porém, falta a elucidação da outra parte importante como dos mandantes deste assassinato. E o delegado que comanda essa operação Giniton Lages, diz que, como segunda fase das investigações, com as informações que já têm em mãos, o objetivo agora é prender também os mandantes deste crime que chocou o País.

Paulo Panossian

paulopanossian@hotmail.com