INFORMAÇÃO

Audiência das estradas será na segunda-feira

Artesp vai comandar a reunião, no auditório da Braz Cubas, no Mogilar

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) realiza, na próxima segnda-feira, às 10 horas, no auditório do Centro Educacional Braz Cubas, a audiência pública que tem por objetivo apresentar e obter subsídios e informações adicionais para o aprimoramento do projeto de concessão para a prestação de serviços públicosde operação, manutenção e realização dos investimentos necessários em um pacote de rodovias litorâneas, entre as quais foram incluídas a Mogi-Dutra e Mogi-Bertioga. A participação é aberta a todos os interessados, que deverão fazer inscrição prévia no site da Artesp. O limite será de 230 lugares. A audiência terá início com a apresentação de representantes dos órgãos envolvidos no projeto. Em seguida, haverá a apresentação técnica do projeto pela Artesp, durante 50 minutos. Após esta etapa, os interessados poderão apresentar questionamentos e contribuições ao projeto, por meio de formulário que será distribuído na entrada do auditório. Os participantes terão 10 minutos para entregar suas manifestações. Após o recebimento, a sessão será suspensa e posteriormente retomada para apresentação das respostas. O tempo da interrupção dependerá da quantidade de perguntas efetuadas. Todos os depoimentos e exposições serão gravados em áudio e vídeo pela Artesp para preservar os conteúdos e máximo aproveitamento como subsídios ao aprimoramento da proposta inicial. Ao se inscrever e participar da audiência, todos os participantes autorizarão o uso e a divulgação pela Artesp das gravações audiovisuais, assim como demais materiais apresentados durante o evento. A audiência poderá ter o encerramento antecipado ou prorrogado, a critério do presidente da sessão.

Proibição

Tramita pelas comissões permanentes da Câmara, ainda sem prazo para ser votado, o projeto de lei de autoria da vereadora Fernanda Moreno (PV), proibindo “a venda e comercialização de animais” em espaços públicos de Mogi. O veto se estende a animais domésticos, domesticados, silvestres nativos e exóticos. Os infratores poderão ser multados inicialmente em 15 Unidades Fiscais do Município (R$ 2.611,05), dobradas em caso de reincidência, podendo haver apreensão dos animais.

Premiados

Um morador do bairro do Mogi Moderno, em Mogi das Cruzes, está entre os dez ganhadores de R$ 100 mil no sorteio de outubro da Nota Fiscal Paulista. A sortuda contemplada com o prêmio de R$ 1 milhão foi de São Paulo, enquanto os quatro sorteios no valor de R$ 500 mil cada saíram para consumidores de Campinas, Presidente Prudente e mais dois da Capital.

Na telona

Mogi deverá estar presente no filme que irá retratar a vida de um dos mais importantes desenhistas do Brasil, Mauricio de Sousa, o criador da Turma da Mônica e tantos outros personagens que fazem a alegria de crianças e adultos. O diretor Pedro Vasconcelos, responsável pelo argumento e roteiro, já iniciou os primeiros estudos para a gravação, que terá como base o livro “Mauricio – A história que não está no gibi”. O longa metragem de ficção em live-action vai revelar detalhes desde a infância até a criação da Mauricio de Sousa Produções. A produção será de Tuinho Schwartz.

Causa e efeito

O livro do ex-prefeiro de Ferraz, Acir Filló, “Diário de Tremembé – O presídio dos famosos”, continua rendendo notícia. A juíza Andréa Brandão, da 3ª Vara de Execuções Criminais da Capital, revogou o benefício que concedia ao médico Roger Abdelmassih o direito á prisão domiciliar humanitária, após uma nova perícia médica. O condenado a 173 anos, seis meses e 18 dias de cadeia foi denunciado no livro de Filló, hoje preso em Guarulhos, de ter usado medicamentos para elevar a pressão arterial e obter o benefício do cumprimento da pena em casa.

Frase

Sem dúvida, o principal personagem da festa é o povo, os devotos, na simplicidade e singeleza de sua devoção ao Divino Rei da Glória.

Jurandyr Ferraz de Campos, professor e historiador, comentando a Festa do Divino de Mogi em entrevista à Rede do Saber, do governo de São Paulo

Deixe seu comentário