CARTAS

Autocrítica?

O PT congrega o maior número de corruptos presos e investigados desde o mensalão até a Lava Jato. Porém, no documento divulgado pelo seu Diretório, o partido rejeita fazer autocrítica e só fala em equívocos… É muita cara de pau… Com uma cúpula reduzida a pó, decidiu também não mais criticar a desastrada Dilma. E sem outra opção, Fernando Haddad é visto como nova liderança do partido… E como pérola desta farsa, a investigada senadora Gleisi Hoffmann, afirmou, “Não faremos autocrítica para mídia, e não faremos autocrítica para direita do País”. Ora, incendiária Gleisi, a mídia e a direita não estão nem aí pela tal da autocrítica! A questão é de caráter público, que falta ao PT, de Lula. O partido deveria em respeito ao povo brasileiro, se desculpar pela corrupção, quebra da nossa economia, e por ter promovido o maior nível de desemprego da nossa história.

Paulo Panossian
paulopanossian@hotmail.com