CRIME

Autor de assassinato no Mogi Moderno é condenado

Márcio Guilherme de Lima, de 43 anos, foi condenado a 18 anos de reclusão a cumprir em regime fechado por matar a namorada e sócia Rosana Rosa Gonçalves, de 45 anos.

A sentença foi proferida pelo juiz de Direito Freddy Lourenço Ruiz Costa ao final do julgamento na noite desta sexta-feira. A informação é do advogado José Beraldo, constituído para atuar como assistente do Ministério Público.

O crime foi praticado em 28 de dezembro de 2018, quando Márcio atraiu Rosana à casa dele no bairro do Mogi Moderno, simulando que ela deveria assinar documentos da empresa.

A filha Juliana contou que o casal se conheceu por um site de relacionamento, namorou por sete meses e montou uma firma de limpeza. Rosana foi encontrada na parte traseira do seu carro na estrada das Varinhas, km 35. A cabeça estava coberta por plástico e havia afundamento de crânio.

Os sete jurados reconheceram o crime de homicídio triplamente qualificado por motivo fútil, meio cruel e que impossibilitou a defesa da vítima.


Deixe seu comentário