DECISÃO

Autor de colisão em Mogi é preso

Wellington Costa, de 37 anos, teve ontem de manhã a sua prisão em flagrante por homicídio culposo (sem intenção) convertido em prisão preventiva. A decisão foi do juiz de Direito Paulo Fernando Deroma de Mello durante a audiência de custódia, no Fórum de Mogi. O acusado embriagado, conforme apurou a Polícia, perdeu o controle do seu Fox, na noite desta segunda-feira, invadiu a contramão, na estrada Das Varinhas, km 50, no Distrito de Quatinga, e atingiu a moto de Aldair Alves de Oliveira, de 25 anos, matando-o e o cunhado dele, e Wander Casarejos Mateus, de 21 anos. Eles foram sepultados ontem.

O magistrado destacou que “o auto de prisão em flagrante está formalmente em ordem, não havendo qualquer irregularidade”. Na fase policial, os procedimentos no Distrito Central foram elaborados pelo delegado Denis Miragaia.

O promotor Clóvis de Castro Humes requereu a tipificação dos fatos no artigo 121, do Código penal homicídio doloso (com intenção), ou seja, dolo eventual, pois Wellington sabia do risco ao se embriagar. A CNH dele já estava suspensa até 20 de março. Assim que receber alta médica no Hospital Luzia, ele será escoltado ao Centro de detenção, no bairro do Taboão.


Deixe seu comentário