Bachiana Filarmônica é atração hoje

Maestro João Carlos Martins está à frente da Bachiana Filarmônica,  que desde 2010 visa a educação e a inclusão por meio da música erudita / Foto: Divulgação
Maestro João Carlos Martins está à frente da Bachiana Filarmônica,
que desde 2010 visa a educação e a inclusão por meio da música erudita / Foto: Divulgação

Uma atração mais do que especial marca a segunda noite da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes. Nesta sexta-feira (6), o público terá a oportunidade de assistir à apresentação da Bachiana Filarmônica Sesi-SP, orquestra regida pelo maestro João Carlos Martins. O concerto será realizado às 20 horas, no espaço da Quermesse, no Centro Municipal Integrado (CMI) “Deputado Maurício Nagib Najar”. A entrada é gratuita e não é necessário reservar ingressos.

No repertório, a orquestra apresentará composições de Beethoven e Bach, passando por uma releitura de Adios Nonino, de Astor Piazzolla. O concerto promete ainda um momento especial no encerramento da apresentação, quando o maestro mundialmente conhecido assumirá o piano e relembrará a sua trajetória como concertista.

Uma das maiores orquestras de iniciativa privada no Brasil, mantida pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) desde 2010, tem como missão a educação musical e a inclusão cultural por meio da difusão da música erudita para todos os públicos, sob a direção artística e regência de João Carlos Martins.

Reconhecido internacionalmente, o maestro representa relevante apoio à música erudita e ao desenvolvimento de seus integrantes, contribuindo para a formação de talentos e abrindo oportunidades profissionais ao integrar jovens músicos a experientes instrumentistas de diversas idades.

O termo Bachiana remete à riqueza musical do Brasil, em homenagem ao imortal maestro e compositor Heitor Villa-Lobos, autor das célebres Bachianas Brasileiras, e a Johann Sebastian Bach.

O maestro

Considerado um dos maiores intérpretes de Johann Sebastian Bach, o maestro João Carlos Martins atingiu um patamar raramente alcançado por outros músicos brasileiros no século XX. Um dos pontos altos de sua carreira foi a gravação da obra completa para teclado deste gênio da música. Logo após, devido a problemas físicos, teve de abandonar a carreira de pianista, canalizando para a regência sua paixão pela música.

Com mais de 60 anos de carreira, por sua trajetória de muitos desafios e superações, o maestro foi homenageado com o enredo “A música venceu”, da escola de samba Vai-Vai, vencedora do Carnaval de São Paulo em 2011 com o tema. Em suas apresentações, emociona o público quando volta ao piano em participações especiais.

SERVIÇO

Bachiana Filarmônica Sesi-SP
Quermesse da Festa do Divino
Avenida Cívica, sem número
6 de maio, às 20h
Duração: 75 minutos
Classificação indicativa: livre
Informações: 4723-6900


Deixe seu comentário