SONHO

Bailarinas mogianas arrecadam fundos para dançar em festival na Espanha

CAMPANHA Jovens dançarinos apostam em arrecadação de dinheiro via vaquinha online e em ações sociais, como a que envolveu os lutadores Vanessa Melo, do MMA, Anderson “Berinja” e Babuíno, na semana passada

O sonho de dançar na Espanha está cada vez mais próximo para os alunos da escola Regina Ballet. Premiados na 12ª edição do Festival Mogi das Cruzes em Dança, realizado em junho do ano passado, cerca de 20 jovens têm agora a chance de participar de uma competição em Lalin, na Espanha. Para tanto, reúnem dinheiro em uma vaquinha online e contam com o apoio da comunidade local.

Na verdade, os selecionados para participar do Festival Star Dance, em Lalin, nos dias 25 e 26 de abril, são mais de 40. E não só mogianos, mas também há adolescentes de São Caetano do Sul e de outras cidades. Só que nem todos confirmaram, já que os custos da viagem são altos.

Mesmo com passagens e hospedagem sendo providenciadas pelos pais, cada um dos alunos deve levar entre 500 e 1 mil euros, o que, na cotação atual, chega até R$ 5 mil reais, conta Regina Cunha, proprietária da escola. É por isso que, inicialmente, ela tinha inscrito o projeto na Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LIC).

“É uma oportunidade única, mas as pessoas ainda não acreditam muito que estas leis sejam verdadeiras. Muito empresário tem receio, e é muito difícil ter o apoio deles, mas como é uma oportunidade única, não perdemos a fé”, diz ela, que admite não ser uma missão fácil.

Regina conta que para usar o dinheiro da LIC o mínimo seria R$ 40 mil, já que R$ 200 mil foi o total solicitado. Como “não se pode contar com o ovo dentro da galinha”, a alternativa foi criar uma campanha de crowdfunding, ou seja, financiamento coletivo. Em outras palavras, uma vaquinha online.

Disponível em vaka.me/889081, a campanha quer arrecadar inicialmente R$ 25 mil, que serão utilizados para a alimentação dos participantes em solo espanhol e também para a produção de camisetas do grupo e outros gastos.

“Mesmo que a gente não alcance o dinheiro necessário, se Deus quiser nós iremos”, afirma uma Regina otimista com os parceiros que têm oferecido ajuda. Um deles é o ator, produtor e humorista mogiano Nelson Freitas, conhecido por inúmeros papéis na rede Globo, como as esquetes do ‘Zorra’, e mais recentemente a interpretação de Livaldo na novela ‘O Tempo Não Para’.

No início do mês, Freitas publicou um vídeo divulgando a campanha a partir do laço que tem com a cidade. “Já pensou que legal estas moças de Mogi dançando na Espanha?”, fala. O material passou a integrar o link oficial da vaquinha e atraiu a atenção de outros famosos, como Cecília Kerche, primeira bailarina e diretora artística do Ballet do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

Além disso, na semana passada, outra ação promovida pela Regina Ballet teve o apoio de gente conhecida do público, dessa vez lutadores. Vanessa “Miss Simpatia” Melo, do MMA, Anderson “Berinja” dos Santos, campeão do UFC, e o mestre recordista Babuíno estiveram na sede da escola para sessão de bate-papo, fotos, autógrafos.

“Tem muita gente da área que abraçou nossa ideia, nosso ideal, nosso sonho e está ajudando, divulgando e compartilhando”, diz a proprietária da escola. Ainda assim, do total almejado neste financiamento, até o momento apenas R$ 1.160,00 foram alcançados.

A expectativa, de acordo com a organização, “é a melhor possível”. “Levar bailarinos mogianos para dançar num palco estrangeiro é a realização de um sonho, que envolve levar nome da nossa cidade, do nosso país”, encerra Regina.

Eventos próximos

Não realizado em 2019, o ‘Mogi em Dança’, competição que antecede o ‘Alto Tietê – Mogi das Cruzes em Dança’, com espaço para vários estilos, como balé, jazz, contemporâneo e dança de rua, está marcado para o dia 9 de maio. Já a agenda maior, prevista para junho mas ainda em fase de “solicitação de espaço” e “convite para profissionais e professores que ministrarão workshop e farão parte do júri”, terá novidades em breve.

Mesmo sem o evento menor, a temporada passada trouxe novidades positivas. Uma delas foi a participação de Regina num workshop de balé clássico no Festival Interdança, em Portugal. Desta oportunidade surgiu uma parceria que levará bailarinos mogianos premiados em 2020 ao território lusitano.


Deixe seu comentário