Briga entre vizinhos termina com três baleados em Mogi | O Diário de Mogi
DESINTELIGÊNCIA

Briga entre vizinhos termina com três baleados em Mogi

Uma briga de vizinhos que aconteceu na manhã de domingo no Sítio Caracol, na Estrada da Moralogia, na Serra do Itapeti, deixou saldo de três baleados e mobilizou a Polícia Militar. Um quarto envolvido, o aposentado Gentil Gomes de Alvarenga, do Sítio Verona, no mesmo local, foi preso pelo cabo Rubens e o policial Germano, da 1ª Cia. do 17º BPM/M. Na casa de Gentil, a equipe da PM encontrou um revólver, de calibre 22, com 6 projéteis íntegros e a numeração suprimida, e outra arma, de calibre 38, com 4 balas intactas, e a coronha quebrada.

A desavença entre os moradores é antiga justamente por causa ‘do controle do curso d’água’, conforme apurou o delegado Daniel Miragaia, do Distrito Central. Ele autuou em flagrante Gentil por posse e porte ilegal de armas de fogo e o mandou para a Cadeia de Mogi.

A briga que necessitou da intervenção da Polícia Militar teve o envolvimento do armador Edivanjo Mateus dos Santos, de 62 anos, da filha dele, Carola Lima Santos, de 30 anos, do comerciante Rogério Aparecido de Souza, de 40 anos, de Anderson Nunes Alvarenga, de 48 anos, do aposentado Gentil Gomes, de Luiz Antônio Lima, de 44 anos, e Rubens Alves, de 42 anos.

No sítio, a Polícia apreendeu um frasco de pólvora e 2 de chumbo para arma de pressão, de Gentil Gomes. A mesma quantidade de chumbo foi achada com Edivanjo Mateus, o qual também possuía uma espingarda de pressão.

Luiz Antônio, Carola e Anderson Nunes foram baleados e removidos ao Hospital Luzia de Pinho Melo. As partes deram versões conflitantes e a autoridade policial decidiu apurar a ocorrência em inquérito.