CASO

Cães atacam aposentado no Jardim Camila

O aposentado José Carlos Barbosa, de 59 anos, se recuperava ontem dos ferimentos causados na manhã de quinta-feira por quatro cães da raça pitbull, na rua João Pascoal Pino, no Jardim Camila. Ele contou no Distrito Central que fazia a sua caminhada de rotina quando foi atacado e os cachorros somente pararam após surgir um rapaz, não identificado, que levou-os para uma chácara nas proximidades.

José Carlos foi socorrido à Santa Casa e depois removido ao Hospital Luzia de Pinho Melo, onde foi dado continuidade ao tratamento. A vítima sofreu lesões em várias partes do seu corpo.

Após ser liberado do hospital, o aposentado procurou o Distrito Central. O delegado titular Reinaldo Vicente Castello mandou registrar a ocorrência como omissão na cautela e guarda de animal e comunicou o Setor de Investigações visando localizar o dono dos animais. Já a vítima José Carlos foi orientado a realizar exame de corpo de delito no Posto do Instituto Médico Legal.

Briga

A Polícia Militar foi chamada às pressas na madrugada desta sexta-feira, na Santa Casa de Mogi, em razão de uma discussão que terminou em socos envolvendo Fernando José da Silva, de 45 anos, que aguardava atendimento, o filho dele Erick, de 23 anos, e os vigias do hospital Dayvison Gabriel Gomes de Morais, de 26 anos, e Paulo Henrique Gomes da Silva, de 32 anos.

A confusão no pronto socorro foi levada ao conhecimento do delegado Guilherme Cyrino que registrou a ocorrência como lesão corporal, dano e ameaça. Pai e filho que ficaram lesionados levemente, conforme ficou apurado, teriam ameaçado os seguranças e Fernando foi acusado de arremessar uma cadeira contra o vigia Paulo causando danos. A Polícia Civil aguarda representação dos envolvidos para adotar providências.


Deixe seu comentário