INFORMAÇÃO

Café da manhã com o presidente Bolsonaro

Deputado Bertaiolli e a bancada do PSD foram ao Palácio da Alvorada

O deputado federal mogiano, Marco Bertaiolli (PSD), tomou café da manhã de ontem com presidente Jair Bolsonaro (sem partido), juntamente com os demais integrantes da bancada de seu partido na Câmara Federal. E deixou o encontro especialmente bem impressionado com o que ouviu do presidente da República. “Ele falou de seus objetivos, das dificuldades e obstáculos que vem enfrentando no comando do governo e pregou maior harmonia entre os poderes”, disse o parlamentar, mostrando-se “positivamente surpreso” com o que ouviu de Bolsonaro. A conversa envolveu desde a questão do Orçamento, que é mais debatida atualmente em Brasília, até outros assuntos ligados às áreas econômica e social da administração federal. O deputado disse que saiu “feliz” do encontro ocorrido no Palácio da Alvorada, residência oficial de Bolsonaro, pela “forma pacificadora” com a qual o presidente se colocou diante dos parlamentares, “demonstrando um surpreende foco no crescimento e desenvolvimento do País”. A maioria dos integrantes da bancada do PSD, inclusive o próprio Bertaiolli, tem votado a favor do governo em projetos que tramitam pela Câmara dos Deputados, o que levou o presidente a convidar o grupo para um contato mais direto, para expor seus principais projetos para o futuro. Bertaiolli admitiu que é possível discordar de algumas declarações e métodos pessoais do presidente, mas que na reunião, ele encontrou um Bolsonaro diferente, “especialmente preocupado com o futuro do Brasil”. Na opinião do deputado, esta aproximação, selada durante o café da manhã de ontem, “vai dar bons frutos daqui em diante”, garantiu.

Unanimidade

Os deputados estaduais do Alto Tietê, Marcos Damásio (PL), Estevam Galvão (DEM), Rodrigo Gambale (PSL), André do Prado (PL) e Alessandra Monteiro (Rede) foram unânimes nos votos favoráveis ao projeto de reforma da previdência do funcionalismo público estadual, de autoria do governador. A reforma inicialmente aprovada por 59 votos a 32, altera a idade mínima para aposentadoria, muda a fórmula de cálculo, aumenta a contribuição previdenciária de 11% para 14%, limita acúmulo de benefícios e modifica regras de pensão por morte.

Nas redes

Depois da reunião com o cientista político Rubens Figueiredo, o Diretório Municipal do PSDB traz a Mogi, na noite de hoje, o publicitário Edson Júnior, especialista em redes sociais, para mostrar aos pré-candidatos do partido como usar adequadamente tais ferramentas durante a campanha. O prefeito Marcus Melo faz a abertura do evento que acontece a partir das 19 horas, no Espaço Kebek, na avenida Frederico Straube, 376, na Vila Oliveira.

Difícil

O Diretório Municipal do PSD espera, até o próximo dia 30, uma resposta de Henrique Borenstein ao convite para ser o candidato a prefeito de Mogi pelo partido, nas próximas eleições. Fontes do partido dizem que o empresário estaria balançando entre o “desejo pessoal de servir a sua cidade e uma dificuldade muito grande, em razão de seus compromissos profissionais”.

Sem alta

A descoberta de dois pequenos focos de infecção em seu intestino impediu que o vereador Chico Bezerra (PSB) deixasse, ontem, o Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde está internado há 21 dias. Ele será submetido a um procedimento para retirada dos focos e receberá um dreno para facilitar o restabelecimento. Bezerra foi internado com infecção urinária e hipotensão (pressão baixa demais) e acabou sendo submetido a uma cirurgia de diverticulite. Na fase recuperação, a equipe do médico Raul Cutait descobriu as infecções. Resultado: mais uma semana para receber alta.

Frase

A tecnologia é igual à droga, não dá talento a quem não tem.

Nelson Motta, 75 anos, jornalista, compositor, escritor, roteirista, produtor musical e letrista brasileiro


Deixe seu comentário