HABITAÇÃO

Caixa Econômica Federal entrega chaves de moradias dia 25

EXPECTATIVA O prefeito Marcus Melo acompanhou a assinatura dos contratos dos 520 apartamentos da Avenida Kaoru Hiramatsu. (Foto: divulgação – Ney Sarmento)

A Caixa Econômica Federal irá entregar os 520 apartamentos dos empreendimentos Tietê e Maitaca do programa Minha Casa Minha Vida no próximo dia 25 de novembro, às 10 horas, na Avenida Kaoru Hiramatsu, em Braz Cubas. A data foi anunciada pelo prefeito Marcus Melo (PSDB) aos futuros mutuários que assinaram ontem os contratos de financiamento das moradias. A entrega das chaves era esperada há três anos.

“Depois de muita luta, finalmente conseguimos uma data para a entrega dos apartamentos dos residenciais Tietê e Maitaca, lá na avenida Kaoru Hiramatsu. As famílias assinaram os contratos de financiamento e a promessa da Caixa é entregar as chaves neste mês. Parabéns às famílias, que iniciarão um novo ciclo em suas vidas. Nada dá mais segurança do que ter a tão sonhada casa própria”, destacou ele.

A assinatura dos contratos foi realizada no Centro Municipal de Formação Pedagógica (Cemforpe), sob organização da Coordenadoria Municipal de Habitação e se estendeu por todo o dia. As famílias foram divididas em grupos e atendidas em diferentes horários, para evitar um longo tempo de espera por parte dos contemplados. A etapa, que é imprescindível para a entrega, foi concluída com sucesso.

As unidades Tietê e Maitaca serão os últimas a serem entregues do complexo do distrito de Braz Cubas. Só ali, foram edificadas 1.240 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida, com aporte do Governo do Estado. A última entrega, em agosto de 2017, foi do empreendimento Manacá, que reúne 300 unidades.

Os apartamento já estavam construídos desde a vinda do então presidente Michel Temer, em dezembro de 2016, para a entrega dos complexos Itapeti e Ipê, mas somente estão sendo entregues agora porque as redes de esgoto não haviam sido concluídas. O argumento da Prefeitura para o atraso foi a demora na obtenção do licenciamento ambiental.

Balanço

Com mais esses dois empreendimentos, a cidade chegará à marca dos 5.240 apartamentos entregues do programa Minha Casa Minha Vida, que foi o maior responsável, ao longo dos últimos anos, pela diminuição do déficit habitacional de Mogi das Cruzes e pela erradicação das maiores ocupações em áreas de risco da cidade, com a oferta de solução habitacional para os antigos moradores desses locais. A maior parte dessas moradias foram edificadas em Jundiapeba e em Braz Cubas.

Os moradores dos empreendimentos Tietê e Maitaca terão ampla infraestrutura, que foi implantada pela Prefeitura. Além da duplicação e recuperação da avenida Kaoru Hiramatsu, a região passou por obras de ampliação no sistema de esgotamento sanitário e recebeu também um Centro Municipal de Programas Educacionais (CEMPRE), duas creches e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas do Oropó.


Deixe seu comentário