Calamidade pública

Se a moda pegar, vai ficar fácil governar qualquer Estado do País. Desde os mais pobres, até os que se acham ricos. Caso do Rio de Janeiro.
Projetos megalômanos oriundos de cabeças idem, de políticos que não têm o menor respeito com a coisa pública e com o povo de um Estado degringolado na Segurança Pública, Educação, Saúde, etc…etc…, jogando na sarjeta pessoas necessitadas de atendimentos médicos decentes e aposentados que não têm nem o direito de receber seu salário integral no fim do mês.

Gastaram bilhões de reais para bancar os Jogos Pan-Americanos, e vão gastar mais, em torno de 36 bilhões, nas Olimpíadas, em estruturas que já são e se tornarão verdadeiros elefantes brancos.

A Cidade continua maravilhosa. Vista da janela de um avião.

Ordival Luiz Paiva – ordivalpaiva@globo.com