INFORMAÇÃO

Candidatos a deputado estadual obtêm correções em campanhas

EM CAMPANHA O candidato a governador Márcio França experimenta o pastel do Mercadão ao lado dos candidatos Chico Nogueira (federal) e Gondim (estadual). (Foto: Edson Martins)

Justiça Eleitoral defere registro de André e faz correção em bens de Caio

O deputado estadual André do Prado (PR) divulgou nota esclarecendo que o Tribunal Regional Eleitoral, em decisão publicada no dia 31 de agosto passado, deferiu o registro de sua candidatura à reeleição, que se encontrava sub judice pela não apresentação de um documento exigido pela Justiça. “A certidão complementar solicitada pela Procuradoria Eleitoral foi apresentada e, como era esperado, a Justiça Eleitoral avaliou a questão e deu o deferimento para a participação de André do Prado na eleição de 2018”, informa a nota divulgada por meio da assessoria do parlamentar. Já o Partido Verde retificou junto à Justiça Eleitoral a declaração de bens do candidato a deputado estadual e vereador mogiano, Caio Cunha, para a atual campanha. Conforme esta coluna havia noticiado, o setor de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informava em seu site que Caio possuía R$ 970.676,38 em bens. O vereador, entretanto, contestou tal informação alegando ter havido troca de sua documentação pela de outro candidato momento do cadastramento efetuado pela coligação. “Crescer absurdamente o patrimônio em dois anos seria, no mínimo, estranho”, afirmou o político mogiano, ao apontar que sua declaração correta corresponde a pouco mais de R$ 100 mil. Após a devida correção, os bens do candidato apontam a existência de dois veículos, um Fiat Mob (R$ 35 mil) e um Renault Clio (R$ 17,5 mil), este último já vendido, mas com a documentação ainda em seu nome, além de R$ 94 mil de dinheiro em espécie. Caio vinha sendo criticado nas redes sociais pela súbita elevação de seu patrimônio, o que acabou devidamente esclarecido após a correção promovida pelo PV e aceita pela Justiça Eleitoral.

Semestre
Um segundo aditivo ao contrato firmado entre a Prefeitura de Mogi e a Hora Park Sistema de Estacionamento Rotativo prorrogou por mais seis meses a concessão das áreas de estacionamento controlado em vias e logradouros para ajuste da rotatividade de veículos, mediante uso remunerado do espaço. Enquanto isso, a Prefeitura prepara nova licitação para o serviço, já que a antiga foi alvo de impugnação por conta de termos constantes do edital.

Reencontro
Os 50 anos de formatura dos alunos do normal, clássico e científico do Instituto de Educação Washington Luís serão comemorados durante encontro que acontecerá no próximo dia 15 (sábado), a partir do meio-dia, no Restaurante Caipirado, no Botujuru. Cerca de 100 estudantes da Turma Epaphras Gonçalves Ennes, de 1968, são aguardados no evento. Informações com Maria Carmem (2629-1685) ou Mazé (4796-6068, à tarde).

Oficinas
O Ministério da Cultura firmou convênio com a Prefeitura de Mogi para a realização de oficinas em Programas Núcleos Criativos, Laboratório das Artes Mogianas e Oficinas Cultural. O órgão federal vai liberar R$ 100 mil, enquanto o Município entrará com a contrapartida de R$ 5 mil, dinheiro que será liberado ainda no exercício de 2018.

Libras
O PR do ex-deputado federal Valdemar Costa Neto recebeu determinação do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para incluir na propaganda eleitoral na televisão o recurso da janela com intérprete de Libras, a linguagem brasileira de sinais representada por um conjunto de formas gestuais utilizado por deficientes auditivos para a comunicação entre eles e outras pessoas. O juiz Afonso Celso deu prazo de 48 horas, a partir de segunda-feira, para que a situação seja regularizada, sob pena de multa de R$ 5 mil por veiculação indevida.

Cotidiano

EM CAMPANHA O candidato a governador Márcio França experimenta o pastel
do Mercadão ao lado dos candidatos Chico Bezerra (federal) e Gondim (estadual). (Foto: Edson Martins)

Frase
O Brasil é a melhor piada já contada por um português.
Fernando Pessoa Ferreira (1932-2010),  jornalista e escritor brasileiro