QUATRO DETIDOS

Cão farejador de Suzano ajuda polícia a capturar suspeitos de tráfico em Mogi

Drogas estavam com traficantes no Jd. Nova União. (Foto: Divulgação)
Drogas estavam com traficantes no Jd. Nova União. (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar capturou na última quinta-feira quatro traficantes, um deles adolescente, de 16 anos, em Bairros diferentes de Mogi das Cruzes. O primeiro a ser detido foi Jackson do Nascimento Santos, de 19 anos, que agia na Rua Edmundi Gerke, no Jardim São Pedro, em César de Souza. Ele foi surpreendido pela equipe formada pelos cabos Adalberto e Washington, da viatura M.17.137. Com o acusado havia 28 cápsulas de cocaína e 78 ‘pedras’ de crack.

Ao avistar a viatura, ele jogou fora as drogas e tentou escapar, mas foi detido pelos policiais que o apresentaram ao delegado José Carlos dos Santos Alvarenga e aos policiais Mauro Kato e Daniel, de plantão no Distrito Central. Jackson que não tinha antecedentes criminais foi autuado em flagrante.

Pouco depois, os cabos Guimarães e Rubens, da viatura M 17.106, pegaram um menor, de 16 anos, morador no Jardim Universo, mas que comercializava drogas na tradicional via de venda de entorpecentes: Rua Profeta Jonas, na Vila Pomar. O adolescente e mais três colegas levados para o Distrito Central. Eles foram ouvidos como testemunhas, no começo da noite de terça-feira e liberados, mas o menor infrator foi sindicado por tráfico, pois em seu poder havia 8 buchas de maconha, 96 pinos de cocaína, 62 ‘pedras’ de crack e R$ 14,00.

Já no Jardim Nova União, após ação liderada pelo cabo Túlio e o policial Nagib, da viatura M.17.104, com o apoio do tenente Carlos Eduardo Ramalho e do cabo C. Roberto, do Comando de Força Patrulha, foram presos Wellington dos Santos Barbosa, de 24 anos, e Marcos Vinicius Aparecido da Silva, de 23 anos.

A dupla resistiu à prisão enfrentando os policiais, mas foi dominada. Na delegacia, Wellington forneceu o nome do seu sobrinho e além dos crimes de tráfico de drogas, associação criminosa e resistência à prisão, ele também responderá por falsidade ideológica.

Uma equipe, do canil, do 32º BPM/M, usou um dos seus cães para ajudar a encontrar as drogas e prender os acusados. Nas buscas, os policiais localizaram 156 buchas de maconha pequenas e grandes, 154 ‘pedras’ de crack, 84 cápsulas de cocaína e R$ 294,00. Os acusados foram autuados em flagrante ontem de madrugada.