Ciclovia

No Japão, a fase de planejamento de uma obra é demorada e a fase de execução é rápida e feita uma só vez. Aqui, ao contrário, movido pela avidez do dinheiro ou pressa de inauguração, o planejamento da obra pública é feito a toque de caixa, prejudicando seriamente a etapa de execução, que acaba tendo que ser refeita uma ou mais vezes porque o projeto, na origem, apresentou falhas. A queda do trecho da ciclovia no Rio é um exemplo pontual disto.Marcelo de Lima Araújo
marcelodelimaaraujo@yahoo.com.br