ARTIGO

Cinco piores erros de uma proposta comercial

Felipe Martins

Elaborar uma proposta comercial não é tarefa tão fácil quanto muitas pessoas acham. Por isso, para não perder vendas, conheça os quatro piores erros que você deve evitar cometer ao fazer uma proposta comercial:

1) Demora no envio da proposta

Uma das falhas mais recorrentes é o atraso no envio da proposta comercial. O motivo é simples: quando um potencial cliente solicita orçamento, ele provavelmente também o enviará para a concorrente. Dessa forma, aquele que enviar a proposta primeiro sairá na frente na “corrida” pela conquista do cliente.

Assim, a dica que damos é: dê prioridade para o desenvolvimento e envio de propostas comerciais.

2) Falta de personalização

Apenas alterar dados não faz com que a proposta seja mais individualizada. É preciso pensar na linguagem, no tom e, principalmente, no problema daquele cliente em específico. A proposta deve ser toda desenvolvida com o objetivo em solucionar esse problema.

3) Entregar uma proposta confusa ou ambígua

Um dos fatores que mais pode manchar a imagem de uma empresa é enviar uma proposta comercial mal escrita, com informações imprecisas que dão margem a mil e uma interpretações.

Por isso, fuja de termos complexos. Seja claro, direto e conciso.

4) Não se preparar para negociações

O vendedor precisa estar preparado para todas as possíveis objeções do cliente após enviar uma proposta. Por exemplo, é necessário já deixar pré-estabelecido o limite para descontos, condições de pagamento e de cancelamento ou devolução, etc.

5) Esquecer-se dos aspectos visuais

Uma boa proposta comercial não é feita só de palavras. É preciso também prestar atenção ao design, que deve harmonizar com a identidade visual da empresa.

É importante não negligenciar esse aspecto, já que ele pode ser fator decisório para o cliente, ainda que inconscientemente.

Conclusão

Como visto, há diversos fatores a serem ponderados ao elaborar uma proposta comercial. Assim, é preciso ficar atento para não perder clientes devido a erros que poderiam ser facilmente evitados.

Felipe Martins é CEO e fundador da Dotstore e Boigy, empresas especializadas em e-commerce e marketing estratégico

Deixe seu comentário