ARTIGO

De volta à China

Jean Lopes

A China é “o gigante que desperta”. Estar neste país pela segunda vez em menos de seis meses, atraindo investimentos para Mogi, é desafiador. No início deste ano, estive aqui em uma comitiva formada por vereadores, secretários e empresários. A China impressiona pela organização, segurança e seriedade, um país que há 20 anos vem se tornando o parceiro comercial mais cobiçado pelo mundo.

Neste retorno à China tive a oportunidade de entender, que o core business Chinês: é levar tecnologia, desenvolvimento e investimentos a cidades como Mogi das Cruzes.

Na primeira visita, conhecemos várias empresas com interesses em investir em nossa cidade. Fizemos várias reuniões com o prefeito Marcus Melo e empresários chineses, que apresentaram projetos a serem desenvolvidos em Mogi. Uma das empresas que apresentamos, a Dahua Technology, desenvolveu um projeto voltado para a segurança da cidade com a implantação de câmeras inteligentes de reconhecimento facial nos veículos da Guarda Municipal. Esta empresa ofereceu um sistema de segurança na Festa do Divino de Mogi.

As câmeras inteligentes foram instaladas na estrada da quermesse e nas barracas. Um drone de altíssima geração, equipado com câmeras, fez voos sobre a Festa e na Entrada dos Palmitos. Sem dúvida, essa foi a Festa do Divino mais segura que já tivemos.

Nesta semana, na China, inauguramos um escritório de intenções comercias, entre o Condemat (Conselho de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê), o governo e empresas chinesas. Ter um escritório em um país que mais se desenvolve em todo o mundo, é de extrema importância para a região. Assim, os municípios irão negociar diretamente com as empresas.

Agora, vamos assinar um tratado de irmandade entre a cidade de YongKang, província de Zhekiang, e Mogi das Cruzes. Visitamos a Dahua, empresa que desenvolve projetos de segurança em Mogi, a Alibaba, marketplace, a Wanma United Holdings Group, fábrica de cabos e equipamentos para carros elétricos, a Woojong e a a First, que produz placas para captação de energia solar, além de uma usina de resíduos sólidos. Também nos reunimos com autoridades das cidade de NanPing, estado de Fujiang e Lianyungang, e empresários da Haizhou Bay Development, empresa parceira do escritório que atenderá o Condemat.

Jean Lopes é vereador pelo PCdoB