INFORMAÇÃO

Delegado entra com habeas corpus em favor de detido

Policial acreditou que detido estaria sendo confundido com irmão

O delegado de Polícia Jaime Pimentel Júnior, de Mogi das Cruzes, ganhou visibilidade na imprensa especializada em assuntos jurídicos ao ingressar com um pedido de habeas corpus em favor de um capturado pelo Setor de Investigações Criminais (SIG), onde o policial atua. O preso é Marcelo Santos Morais, um pedreiro de 45 anos, morador de Guararema, que foi capturado no Poupatempo de Mogi ao tentar retirar a segunda via de seu RG. Conforme boletim de ocorrência, policiais foram acionados quando funcionários do local encontraram um mandado de prisão contra Marcelo, ao realizarem as pesquisas de rotina antes da expedição do documento. Ele era acusado de ter participado, em 2004, de uma tentativa de furto contra um depósito de materiais de construção, em Cristalina, no estado de Goiás. Na Delegacia, analisando o mandado de prisão expedido em 2010, os policiais identificaram divergência em relação à data de nascimento. Perguntado, o pedreiro garantiu que jamais esteve na localidade em que o mandado de prisão foi expedido e revelou que seu irmão, de nome Marcos Santos Morais, 40 anos, tinha histórico de crimes e que poderia ter passado por Marcelo. Estabelecida a dúvida, o delegado tentou, sem sucesso, obter o prontuário do preso junto ao fórum da comarca da cidade goiana onde ocorreram os fatos; da mesma forma, não conseguiu encontrar a juíza Débora Letícia Dias Veríssimo, responsável pelo mandado de prisão. “Diante de todo o cenário e exauridas todas as formas para poder sanar a dúvida quanto à pessoa detida, esta autoridade policial determinou o cumprimento do mandado, sendo o preso recolhido à cadeia pública de Mogi, onde permanecerá à disposição da Justiça”, escreveu o delegado no boletim de ocorrência. Ao mesmo tempo, Jaime Pimentel Jr. decidiu impetrar o habeas corpus junto à Justiça de Goiás, em benefício de Marcelo alegando ter “fortes indícios” de que o detido não é a mesma pessoa para quem foi expedida a prisão. Assim, o detido deveria ser beneficiado por medida cautelar, pois “acredita-se que a expedição do alvará de soltura é medida de justiça”. Até ontem à tarde, Marcelo continuava detido numa cela especial da cadeia de Mogi à espera dos desdobramentos do caso na Justiça.

Internacional

A Prefeitura de Mogi está abrindo uma concorrência pública internacional para contratar os serviços especializados de engenharia consultiva para gerenciamento, apoio técnico e gestão do projeto Mogi Ecotietê, uma série de intervenções urbanas na região de César de Souza, Botujuru e adjacências, a ser parcialmente financiado pela Corporação Andina de Fomento (CAF). As propostas serão abertas no dia 7 de outubro, às 9h30, na Secretaria de Gestão Pública da Prefeitura.

Intercâmbios

O aluno do curso de Logística da Fatec de Mogi das Cruzes, Luiz Renan Farias Barbosa, está entre os 48 estudantes selecionados para intercâmbios de seis meses em países europeus e americanos, por meio do Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional. Renan deve estudar no Instituto Politécnico de Bragança, em Portugual. Já a aluna Barbara Alves de Oliveira, do curso de Secretariado da Fatec de Itaquá, está designada para o Instituto Politécnico de Cávado e do Ave, também em Portugal.

A lista

Há pelo menos uma empresa mogiana na lista das que tiveram financiamento com juros subsidiados para compra de aviões da Embraer. Além das pertencentes ao apresentador Luciano Huck e ao atual governador de São Paulo, João Doria Júnior (PSDB), e outros tantos, lá está também a Horii Comércio e Empreendimentos, com sede e proprietários em Mogi das Cruzes.