SEM CARGO

Delegado Marcos Batalha deixa a cúpula em São Paulo

Batalha foi designado, a pedido dele próprio, para trabalhar na Academia de Polícia Civil Coriolano Nogueira Cobra, em São Paulo(Foto: Arquivo)
Estado ainda não indicou delegado a novo cargo.. (Foto: Arquivo)

O delegado Marcos Batalha, ex-seccional de Mogi das Cruzes, deixou a pedido o cargo de diretor de Departamento da Delegacia Geral de Polícia Adjunta (DGPAD), função equivalente ao segundo homem mais forte da Polícia Civil do Estado de São Paulo. A sua saída foi publicada neste sábado (14) no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Ele foi substituído pelo delegado Kleber Antônio Torquato Altale, que era o diretor do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior 2 – Campinas.

No decreto divulgado não consta a nova indicação do delegado Marcos Batalha. Ele foi procurado ontem pelo O Diário, mas não deu retorno, assim como outros delegados da Seccional.

Batalha havia sido designado em 27 de junho último ao posto de delegado geral adjunto depois de administrar a Seccional de Mogi das Cruzes por quatro anos e oito meses.

A notícia do seu afastamento repentino da nova função, na Capital, provocou surpresa no meio policial da Região do Alto Tietê, além de criar expectativa em torno da permanência ou não do recém-empossado seccional Boanerges Braz de Mello, ex-assistente de Marcos Batalha. A decisão deverá partir do diretor Ismael Lopes Rodrigues Júnior, do Demacro (Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo).

Mudanças
A partir de amanhã, a Polícia Civil passa a concretizar algumas alterações. O delegado Denis Miragaia assume como titular interino a Delegacia de Guararema em substituição ao delegado Marcos de Almeida Tourinho, o qual saiu de férias, depois deve tirar licença prêmio antes de requisitar a sua aposentadoria.

No lugar de Denis que atuava como assistente da Delegacia Central, em Itaquá, liderada pelo titular Francisco Del Poente, vai assumir o delegado Fabrício Intelizano. O seu lugar como assistente na Delegacia Central, em Suzano, comandada pelo titular Edson Gianuzzi, será ocupado pelo delegado Daniel Miragaia, o qual durante 11 anos, trabalhou no Distrito Central e no 2º Distrito Policial, em Braz Cubas. As mudanças teriam sido realizadas para dar novo ritmo aos procedimentos de Polícia Judiciária na Seccional de Mogi.


Deixe seu comentário