DR. ARNALDO

Deputado diz que cobrará leitos prometidos pelo Estado para o Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti

PROMESSA Ampliação do total de leitos no Hospital Dr. Arnaldo foi garantida pelo governador João Doria. (Foto: arquivo)

O deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) disse que a implantação dos 60 leitos para pacientes com a Covid-19 no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti, em Jundiapeba, deve surgir da análise dos dados entre as secretarias de Saúde estadual e municipal, que avaliam o avanço da doença. O parlamentar, que chegou a divulgar que os leitos seriam implantados, garantiu que cobrará o governo de João Doria (PSDB) caso não cumpra com o que prometeu.

“Defendo que a abertura desses leitos ocorra em hospitais que possam continuar com os atendimentos depois da pandemia, como é o caso do HC de Suzano e o Dr. Arnaldo em Mogi. Mas Prefeitura e Estado precisam acompanhar os dados e verificar a necessidade de implantação”, reforça Bertaiolli.

O Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat) divulgou que no último dia 19 de maio, a Secretaria de Estado da Saúde assumiu o compromisso com as 12 cidades do Condemat de ampliar os leitos de UTI no Alto Tietê para atendimento de pacientes com a Covid-19 na região. Na ocasião, estava presente o procurador da República, Guilherme Rocha Gopfer. A reportagem de O Diário questionou o Ministério Público Federal sobre o assunto para verificar se o órgão acompanha essas promessas, mas não recebeu retorno até o fechamento dessa matéria, no final da tarde de ontem.

Em algumas cidades, a promessa está sendo cumprida, como a abertura dos leitos do HC de Suzano, como anunciado na semana passada. Apesar de o prazo para início das atividades ser 30 de junho, a Secretaria de Estado da Saúde se mostra omissa a não dar detalhes sobre esse assunto, mesmo com cobranças semanais de O Diário. Não há, sequer, garantia de que os leitos serão implantados, nas alas que foram abertas na unidade desde 2018 e está subutilizada.

A Secretaria Municipal de Saúde, que pode retomar o atendimento de outras doenças no Hospital Municipal, que hoje atende exclusivamente os casos de Covid-19, informou que até ontem também não tinha recebido qualquer retorno do Estado referente ao assunto.


Deixe seu comentário