SAÚDE

Dia D de vacinação contra o sarampo para crianças acontece neste sábado

Devem ser imunizadas contra o sarampo todas as crianças ainda não vacinadas de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. (Foto: arquivo)
Devem ser imunizadas contra o sarampo todas as crianças ainda não vacinadas de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. (Foto: arquivo)

Das 8 às 12 horas deste sábado, 14 salas de vacina da rede básica Mogi das Cruzes estarão abertas para receber as crianças de seis meses a menores de cinco anos que ainda não foram vacinadas ou que estão em atraso com alguma dose contra o sarampo. O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo é uma oportunidade que os pais têm de verificar a caderneta de vacinas dos filhos e reforçar a proteção para aqueles que se encaixam na dose zero.

As salas de vacina em funcionamento no Dia D serão todas as unidades do Programa Saúde da Família (PSF) e dois Pronto Atendimentos 24 horas: Jundiapeba e Jardim Universo.

Nesta etapa, a campanha busca sensibilizar sobre a importância da imunização e verificação das cadernetas de vacinação de todas as crianças abaixo dos cincos anos, conforme explica o secretário municipal de Saúde, Francisco Bezerra. “Nesta faixa etária de até cinco anos, o correto é que todas as crianças estejam com as duas doses obrigatórias em dia, como determina o Calendário Nacional. Além disso, devem ser vacinadas também as crianças de 6 a 11 meses”

O Ministério da Saúde determinou em agosto que crianças de 6 a 11 meses devem tomar uma dose extra contra o sarampo, a chamada “dose zero”. Essa estratégia serve de imunização imediata para proteger este público antes da data prevista pelo Calendário Nacional. “Essa vacinação é estratégica porque antecipa a proteção neste público que é mais vulnerável à doença. Mas, por ser uma dose que não é duradoura, quando completar 12 meses, a criança precisa iniciar o esquema de vacinação para o sarampo”, informa a secretária adjunta de Saúde, Rosângela Cunha.

Deixe seu comentário