Dilma está afastada. O que deverá mudar na sucessão?

A decisão do Senado Federal decidindo pelo afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT) do cargo por 180 dias e a consequente chegada ao poder do vice-presidente Michel Temer (PMDB) pouco – ou nada – influenciará nos últimos dias do governo municipal do prefeito Marco Bertaiolli (PSD), assim como há pouca expectativa de mudanças no quadro sucessório já esboçado no Município. O prefeito já assegurou o que esperava assegurar em termos de verbas federais para seu governo e, o mais importante, continuará contando com o seu protetor, Gilberto Kassab (PSD), dentro da administração de Temer, com poderes de ministro, o que, convenhamos, será positivo para Bertaiolli e para a Cidade. Quanto à campanha eleitoral, só sofreria alguma mudança mais radical se o PMDB se dispusesse a jogar suas fichas na mesa para bancar um possível candidato a prefeito em Mogi. Algo um tanto difícil, ainda que o presidente da Câmara Municipal, o peemedebista Mauro Araújo, em arroubos muito acima de suas chances reais, venha se apresentando como um possível concorrente, principalmente depois de ver cair por terra suas esperanças de ser o candidato a vice de Junji Abe (PSD). No campo do PT, também pouco deve mudar. O partido sempre dividido na Cidade, nunca conseguiu tirar proveito do fato de estar no poder em nível federal. O máximo que conseguiu foi eleger dois vereadores, um dos quais se bandeou para o PR no meio da crise do governo Dilma; além sofrer uma absurda intervenção do Diretório Nacional justamente quando pretendia lançar, com alguma chance, Iduigues Martins candidato a prefeito. Ele foi bombardeado pela dobradinha José Genoino (PT) – Valdemar Costa Neto (PR) em favor da candidatura a prefeito de Gondim Teixeira, à época aliado do grupo lulopetista. Para uma eventual candidatura à Prefeitura de Rodrigo Valverde, presidente petista, nestas eleições, pouca coisa muda, a não ser a sua dificuldade em mobilizar uma militância, que viu, meses antes, o partido ser apeado do poder em Brasília, após um desgastante e quase humilhante processo. Resta saber, inclusive, se Valverde, um quadro de qualidade no contexto petista local, insistirá na campanha para prefeito, ou se embarcará numa outra disputa, por uma vaga na Câmara Municipal, muito mais exequível para ele. Enfim, o quadro que aí está dificilmente será alterado, a menos que algum fator surpresa, um verdadeiro “estouro de boiada”, possa provocar alguma reviravolta na política local. Isso, pelo menos por enquanto, está fora de cogitação, embora nada possa ser considerado impossível.

Feiras
A MN Própolis é a empresa de Mogi das Cruzes que irá participar da Bio Brazil Far/ Biofach America Latina e Naturaltech, feiras que concentram as principais marcas do País nos mercados de produtos orgânicos e naturais. Os eventos acontecerão, simultaneamente, de 8 a 11 de junho, na Bienal do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, sendo abertos ao público com entrada gratuita.

CEP à vista
A propósito da nota divulgada ontem pela coluna, sobre os problemas causados pela falta do Código de Endereçamento Posta (CEP) na Avenida Julio Simões, a Secretaria Municipal de Governo da Prefeitura informa já enviou aos Correios, com três sucessivas reiterações, a lei municipal que cria o novo endereço, “oficializando, a existência da nova Avenida”. Segundo nota encaminhada à coluna, a Secretaria promete “insistir no pedido e solicitar a agilização do CEP aos Correios, a quem compete tal atribuição”.

Guru
Ao passar pela Cidade, nesta semana, o ex-prefeito Antonio Carlos Machado Teixeira, atualmente residindo em São Lourenço, estância hidromineral de Minas Gerais, garantiu que não passa pela sua cabeça retornar à vida política como candidato a algum posto eletivo. Ele, entretanto, vem participando da campanha eleitoral da Cidade mineira, ajudando a elaborar o plano de governo da virtual candidata a prefeita Célia Cavalcante, do PR.

Luto
Será sepultado hoje, às 10 horas, no Cemitério São Salvador, o corpo de Laila Najar Ferreira, 85 anos, falecida ontem. Irmã do falecido deputado estadual e federal Mauricio Nagib Najar e viúva de Benedicto Rodrigues Ferreira, ela deixou três filhos, Roberto Najar, do ramo imobiliário, Neuza e Antonio. O marido de Laila e o irmão Euclides foram proprietários da Casa Ferreira, conhecido estabelecimento comercial dos anos 60, situado na esquina das ruas Dr. Corrêa e Coronel Souza Franco, no Centro.

COTIDIANO

 Dependurado, o pintor dá últimas pinceladas de tinta na parede externa do prédio da MRV, a ser inaugurado em julho, junto ao Nova Mogilar / Foto: Edson Martins
Dependurado, o pintor dá últimas pinceladas de tinta na parede externa do prédio da MRV, a ser inaugurado em julho, junto ao Nova Mogilar / Foto: Edson Martins

FRASE

Posso ter cometido erros, mas não cometi crimes.

Dilma Rousseff (PT), presidente afastada do cargo, ao deixar o Palácio do Planalto, durante a manhã de ontem