CASO

Dívida de droga é motivo de assassinato

DIÁRIO

O assassinato de Edson Coutinho dos Santos foi esclarecido pelo delegado Rubens José Angelo e a sua equipe do Setor de Homicídios de Mogi das Cruzes. Ele foi executado após receber vários golpes de bloco de cimento na cabeça e o motivo seria dívida de drogas, conforme concluiu a investigação. O assassinato foi cometido na madrugada de 21 de maio último na esquina das ruas Camboatá e Faveiro, no Jardim Planalto.

O autor do crime trata-se de Bruno Lincoln Silva de Oliveira Bernardes, mais conhecido como “Baloso”. A pedido da autoridade policial, a Justiça decretou a prisão temporária do acusado, porém ele se encontra foragido.

“A vítima Edson foi encontrada morta em via pública, evidenciando a brutalidade e crueldade praticadas contra Edson. Ele sofreu lesões na mandíbula, afundamento da face e fratura no crânio, ocasionados por golpes de bloco de concreto”, explicou ontem o delegado. “A vítima era usuário de entorpecentes, portanto, a motivação do crime teria sido dívida de drogas”, completou Rubens.

De acordo com ele, as buscas prosseguem com a meta de prender o autor do homicídio. Para isso, foram mobilizados a escrivã Iris e todos os policiais operacionais da unidade.


Deixe seu comentário