MÚSICA

DJs fazem evento beneficente no Largo do Rosário, em Mogi

Entre as 10 e 17 horas de hoje, quem passar no Largo do Rosário vai poder curtir muita música retrô, já que acontecerá por lá a terceira edição do Flashback do Bem. Seis DJs são os responsáveis pela mixagem de faixas das décadas de 1970, 1980, 1990 e 2000, com o objetivo de arrecadar alimentos não perecíveis para o Instituto Pró+Vida.

Bee Gees, KC and the Sunshine Band, Madonna, Cyndi Lauper, Information Society, Noel, Tom Tom Club, Eurythmics, Baltimora, Gazebo, Desireless, Double You, Culture Beat, The Click e Masterboy são alguns dos nomes que os DJs Allan Douglas, Augusto Ferrari, Reginaldo Seixas, Tibão, Gibi e Junior Oliveira vão apresentar neste sábado.

“Faremos um revezamento, com apresentação de aproximadamente uma hora e meia cada um. O intuito é tocar música boa para o público, para que eles venham fortalecer nossa campanha com a arredação de alimentos”, conta Allan Douglas, conhecido na cidade por produzir a festa ‘Túnel do Tempo’.

Convidado para participar da ação criada por Edvaldo “Palhaço Bubu” e Reginaldo Santos, o Gibi, Allan promete seleções animadas, para fazer o povo dançar. “Não é todo mundo que mexe o corpo, porque, diferente do ‘Flashback do Parque’, realizado no Parque Centenário, este é feito num local de passagem, com pessoas saindo do trabalho. Mas isso não quer dizer que elas não possam curtir”, comenta.

O DJ diz que na praça há maior rotatividade de público, e, portanto, é possível ver pessoas de todas as idades por ali, “principalmente famílias com filhos”. Inclusive muitas, dessas pessoas acabam de fazer compras nos calçadões da área central e aproveitam para sentar e descansar, “curtindo boa música, água e pipoca e algodão doce”.

Engajado em várias ações sociais, Allan comemora o fato de poder ajudar instituições como o Instituto Pró+Vida, “uma das que mais precisa”. No entanto, de acordo com ele, toda a classe artística deveria ajudar, por possuir o poder do engajamento. “Se todos arrumassem tempo para fazer algo assim, agregaria muito. Muitos não ligam para ajudar o próximo, mas isso é muito importante, e podemos abrir mão de nossos cachês para estimular a sociedade, que muitas vezes acaba comprando alimentos na hora para contribuir”.

Outras informações sobre o evento estão disponíveis nas redes sociais dos DJs envolvidos.

Deixe seu comentário