FESTA DO DIVINO

Dom Odilo faz missa na Catedral de Santana

NOVENAS Festeiros do Divino e os devotos participam das celebrações na Catedral. (Foto: divulgação)
NOVENAS Festeiros do Divino e os devotos participam das celebrações na Catedral. (Foto: divulgação)

O cardeal dom Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo desde março de 2007, vai celebrar a missa da Novena Preparatória do Divino Espírito Santo nesta quinta-feira, a partir das 19h30, na Catedral de Santana, no centro de Mogi das Cruzes. O bispo da Diocese de Mogi, dom Pedro Luiz Stringhini irá concelebrar a missa, seguida da tradicional Passeata das Bandeiras, que fará visita a um devoto, no bairro dos Remédios, no centro.

Seguindo seu trabalho na Arquidiocese de São Paulo, no início do mês de maio deste ano, o cardeal Odilo Scherer foi eleito para ser o representante da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) junto ao Conselho Episcopal Latino-Americano (Celam) no próximo quadriênio.

“Ele é o responsável da nossa província, formada por várias dioceses de São Paulo, unidas à Arquidiocese de São Paulo. Dom Odilo é o nosso representante junto à Roma, então ele é um dos elegíveis a papas, já que os cardeais são os possíveis futuros papas. Para nós, a importância de ter uma missa da Festa do Divino com ele representa essa unidade da igreja no mundo inteiro que se dá por meio dos bispos, mas também por meio dos cardeais”, explica o padre Diogo Shishito, assessor eclesiástico da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes.

As missas da novena preparatória seguem até este sábado, dia 8, tendo como celebrante os seguintes padres: Francisco Deragil de Souza, da Paróquia Nossa Senhora Aparecida e São Roque (Mogi das Cruzes), no dia 7 de junho; e Dorival Aparecido de Moraes, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus – Santuário Diocesano (Mogi das Cruzes), dia 8.

Dom Odilo

Há seis anos, em 2013, o cardeal dom Odilo Scherer, era um dos mais cotados na eleição que escolheu o cardeal Jorge Mario Bergoglio, que se tornaria o papa Francisco. Ele tinha a seu favor a idade – estava com 63 anos no conclave – e a utilização de novos métodos para atingir os fiéis, como uma página na rede social Twitter que mantém há algum tempo. Outro fator positivo para o cardeal era ter passado um período trabalhando na Cúria Romana, onde atuou na congregação para os cispos, considerada um dos mais importantes departamentos do Vaticano.

Shows são atrativos na quermesse

A programação de shows na quermesse da Festa do Divino Espírito Santo de Mogi das Cruzes está bem variada para agradar a todos os gostos. Ao todo, há 30 barracas, cada uma oferecendo um prato gastronômico diferente, além dos estandes de patrocinadores e expositores. Para a garotada, há o parque de diversão.

Os grupos de congada são a primeira atração da quermesse, que funciona a partir das 18h30. No sábado e no domingo, abre a partir das 14 horas. Eles percorrem toda a área da quermesse saudando o público, passando pelo espaço onde é servido o afogado, até chegar ao palco principal.

Nesta quinta-feira, a festividade contará com a participação da Congada Batalhão Nossa Senhora Aparecida. Em seguida, às 20h15, Vanessa Martins & Felipe Alves e banda sobem ao palco. A Caravana do Cleitão encerra a programação da noite.

Os Amigos de Mogi, a banda Bandit e a dupla Lucas & Henrique são as atrações para a sexta-feira, dia 7. Para o sábado, a música ficará por conta de Rafa Lemos e banda, banda True Colors e Alexandre Trinado, além da Congada de Santa Efigênia. A noite será marcada, ainda, pela final do Festival de Música Sertaneja Raiz, evento que está sendo realizado pela primeira vez na Festa do Divino.

Os cantores mirins João Vitor Mafra e Gaby Novais abrem os shows no último dia do evento, no domingo, às 18 horas. Depois, às 19 horas, a banda pop/rock católica Templo de Deus, de Itaquaquecetuba, promete uma bela apresentação. Às 20 horas, é a vez de Caroline & Raquel e banda e De Luca agitarem o público da quermesse, seguida da banda Latitude Zero.