Duas chapas disputam o comando do PT em Mogi

Sem o acordo pretendido e até negociado pela direção municipal do partido, duas chapas irão disputar o comando do Diretório Municipal do PT de Mogi, no próximo dia 9 de abril, domingo, na convenção que acontecerá na Câmara, entre 9 e 17 horas. Na mesma eleição, os 2.600 filiados ao partido também deverão homologar a chapa única que concorrerá ao Diretório Regional, cuja área de atuação inclui as dez cidades do Alto Tietê mais Guarulhos. No plano municipal estarão se confrontando a chapa “Mogi Avançando”, encabeçada pelo sindicalista Alexandre Almeida, assessor do vereador Rodrigo Valverde e presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Auto Escolas, Transporte Escolar e Despachantes de Mogi e Região, e a chapa “Voz Ativa”, liderada pelo professor da Etec, Claudio Betzler. “Seja quem for o vitorioso, o partido estará bem representado”, afirma o presidente Rodrigo Valverde que tentou, a todo custo, evitar a cisão no partido, que aconteceu quando Betzler não aceitou a proposta de dividir o mandato de dois anos com Almeida, ficando cada um deles por um ano na presidência. Na divisão, Almeida, aparentemente, levou alguma vantagem, já que teriam ficado com ele os presidentes de associações de bairros e dirigentes de sindicatos filiados ao PT, assim como os antigos integrantes dos grupos de Clodoaldo de Moraes (hoje no PR), Inês Paz (PSOL) e Sônia Sampaio. Mais os vereadores Valverde e Iduigues Ferreira Martins. Já Betzler estaria contando com o respaldo de antigos militantes com força ideológica dentro da agremiação, como Waldemar de Sá, da Saúde e ONG Macaúba, entre outros. Como 2.600 filiados poderão votar, surpresas ainda podem acontecer. E é com isso e com os petistas de viés ideológico mais acentuado que Betzler certamente espera contar para superar seu adversário na urna.

Regional
Na convenção para o Diretório Regional, houve acordo entre os candidatos Rodrigo Valverde, de Mogi e Paulo Costa, de Guarulhos. A chapa única terá Costa candidato a presidente e Valverde como vice. Terminado o pleito, o guarulhense se licencia do cargo e o mogiano assume a presidência por um ano, até maio de 2018. Aí ele retorna ao seu lugar e deixa o comando para o titular, Paulo Costa, que dirige o partido na Região até 2019.

Mutirão
A Santa Casa em parceria com a Prefeitura lança amanhã o Mutirão Oftalmológico “Um Novo Olhar”, que prevê consultas e, segundo apurou a coluna, algo em torno de 5 mil cirurgias de catarata e outros problemas da vista. O evento terá a presença do prefeito Marcus Melo (PSDB).

A conferir
A partir do próximo mês, a tarifa mínima para estacionar no Mogi Shopping deverá subir de R$ 7,00 para R$ 8,00. A Estapar, responsável pelo estacionamento, deverá anunciar os detalhes do reajuste nesta semana.

Para onde?
A pergunta que não quer calar entre os políticos: a qual partido Geraldo Alckmin irá se filiar para concorrer a presidente da República em 2018? Já se falou no PSB do vice Márcio França e até no PTB de Campos Machado. Mas como o governador tem jeito, discurso, estilo, gosto, essência e até aparência de tucano, a coluna aposta que acabará ficando mesmo é no velho e eterno PSDB.

No Rádio
A Rádio Top FM (antiga Tupi FM) já divulga as chamadas para o programa diário do padre cantor Alessandro Campos. De segunda a sábado, o “Você Vai Vencer” irá ao ar entre 9 e 10 horas e aos domingos, de 11 ao meio-dia, com duplas sertanejas, músicas e mensagens religiosas. A emissora quer vender para rádios de todo o País.

Cotidiano

Em meio aos atrativos do extenso Parque das Neblinas, em Taiaçupeba, o passeio do carcará / Foto: Edson Martins
Em meio aos atrativos do extenso Parque das Neblinas, em Taiaçupeba, o passeio do carcará / Foto: Edson Martins

 

Frase

Naquela estrada, tanto a ida quanto a volta pode ser uma fria. Pois se a ponte do Rio Acima ruir, vai ter gente conhecendo o rio abaixo.

Milton Morais, leitor deste jornal, e os problemas da ponte da Estrada da Volta Fria