Ecobarreira, uma solução para o nosso Rio Tietê?

A ideia, aparentemente simples, foi testada com sucesso no Rio Grande do Sul, no Arroio Dilúvio, um dos afluentes do Rio Guaíba, mas poderia se ajustar perfeitamente ao Rio Tietê, no trecho que corta Mogi das Cruzes. Trata-se de uma barreira ecológica que atravessa o curso d’água, de um lado a outro, e que impede a passagem da poluição flutuante, especialmente garrafas pets. Junto com a barreira funciona uma espécie de armadilha, denominada de “gaiola”, que é içada, trazendo para a superfície os resíduos que são desviados para dentro dela. O objetivo da obra é impedir a passagem do lixo flutuante e retirá-lo, antes que se acumule em curvas mais acentuadas, ou às margens do Tietê, como hoje ocorre na região da Ponte Grande, Rodeio e Vila Industrial. Além de comprometerem o paisagismo, esses materiais retêm águas das chuvas, possibilitando a proliferação de vetores. Somente no primeiro mês de operação, no Rio Grande do Sul, 16 toneladas de resíduos deixaram de chegar ao lago do Guaíba, por conta da ação da barreira ecológica. O projeto da Ecobarreira foi criado por Luiz Carlos Zancanella Júnior, vice-presidente da empresa Safeweb Segurança da Informação Ltda, que implantou a estrutura ao custo de R$ 250 mil na obra civil e ainda irá calcular os gastos operacionais durante o funcionamento. A ideia foi baseada em algo similar executado em Baltimore, nos Estados Unidos. O criador, no entanto, já admite que a proposta pode servir para outras bacias hidrográficas, segundo informa a revista Ecos, especializada em saneamento ambiental. Algo perfeitamente viável para o Tietê, atualmente com um canal muito estreito na área urbana de Mogi, o que poderia facilitar a ação da Ecobarreira, sendo que o material retirado da água poderia ser utilizado por alguma cooperativa de reciclagem, a qual poderia lucrar com o lixo que hoje só agrava a situação do manancial na passagem pela Cidade.

Jogos de azar
Se depender do deputado federal Roberto de Lucena (PV/SP), a legalização dos jogos de azar no Brasil, que está para ser votada pelo Congresso, jamais será aprovada. Fazendo jus à sua formação evangélica ele diz que a legalidade do jogo será “uma tragédia, a médio e longo prazo” para o País. Num discurso que se contrapõe aos que defendem o jogo como gerador de divisas e empregos, Lucena apresenta dados dos EUA que revelam o fator desagregador de famílias e outras patologias provocadas pelo vício da jogatina.

Multados
Aviso aos navegantes: dois pré-candidatos de Várzea Paulista foram multados pelo TRE em R$ 15 mil cada. Foi o primeiro caso de propaganda antecipada julgada na atual campanha e recebeu decisão unânime da Corte. Os dois distribuíram no Município placas de 55x55cm, contendo fotos, a afirmação da pré-candidatura de prefeito e vereador, além de contatos para o Facebook. Tudo irregular, tanto no modo de divulgação, como no formato, tamanho e material.

Partidos
Com seu vice já definido, o pré-candidato Marcus Melo (PSDB) tem se dedicado, nos últimos dias, aos entendimentos com partidos para buscar ampliar ao máximo o leque de alianças que poderá lhe garantir um bom tempo de televisão. O candidato se mostra otimista com a receptividade ao seu nome. E, até ontem, contabilizava oito agremiações a seu favor. Concluída essa fase, chegará hora de gastar sola de sapato nas ruas.

Beneficente
O pianista e compositor italiano Luca Amitrano, que já atuou ao lado de Laura Pausini e Andrea Bocelli, fará um show beneficente em Mogi, no Teatro Manoel Bezerra de Melo, da UMC, no próximo dia 12 de agosto, às 20 horas, com renda revertida para entidades assistenciais da Região. O grupo de negócios BNI Prisma será responsável pela vinda do artista. Até o dia 20, o ingresso custará R$ 70 e após esta data, R$ 100. Informações: rp@bniprisma.com.br

Cotidiano

COMO É  Ecobarreira está sendo testada com sucesso num dos afluentes do Rio Guaíba para retirada da poluição flutuante ali existente em grande escala. (Foto: Reprodução/Revista Ecos)
COMO É Ecobarreira está sendo testada com sucesso num dos afluentes do Rio Guaíba para retirada da poluição flutuante ali existente em grande escala. (Foto: Reprodução/Revista Ecos)

Frase
Nosso dinheiro está acabando. Estamos esperando a ajuda do seguro ou da empresa de ônibus porque precisamos manter o tratamento de nossa filha.
Gilberto Cardoso Braz, pai de Gabriela Leite Braz, vítima do acidente com o ônibus da União do Litoral, na Mogi-Bertioga, em entrevista a este jornal


Deixe seu comentário