ALTO TIETÊ

EDP lança plano de atendimento para o verão, quando problemas de energia crescem com as chuvas

AÇÃO PREVENTIVA EDP anuncia investimentos em rede para agilizar o atendimento no Alto Tietê. (Foto: divulgação)

O Verão se inicia no próximo dia 22, e para minimizar os problemas que podem surgir junto às fortes chuvas da estação, a EDP afirma que tem trabalhado desde o início deste ano. No total, foram investidos R$ 40 milhões na rede do Alto Tietê, com ações planejadas desde março e a modernização do sistema elétrico, que vai contar com o auxílio de drones na manutenção preventiva e corretiva, além de outros novos dispositivos tecnológicos. Ontem, em Poá, a empresa fez o lançamento da Operação Verão destinada à Região.

No ano passado, Mogi das Cruzes registrou quedas de energia que duraram até 30 horas em determinados bairros. Entretanto, o gestor executivo de Operação da EDP, Marcio Jardim, afirma que esses casos são exceções, já que em 2019 98,5% dos clientes da distribuidora têm o atendimento reestabelecido em até 4 horas.

“Esse número é expressivo e mostra a nossa mobilização. Sobram apenas 1,5% dos casos, que são esses mais raros. É uma situação, por exemplo, de uma grande árvore que cai sobre a rede e parte cabos ou até quebra um poste. Quando acontece isso o tempo de reparo realmente é mais elevado, dependendo do local existe a dificuldade de acesso. É aí que a gente conta com a ajuda do poder público para auxiliar nessa chegada”, frisou Jardim.

O poder público, inclusive, é essencial para que a empresa possa prestar um bom serviço. Com essa parceria, a EDP tem trabalhado para minimizar as quedas de árvores, um dos principais agentes de impacto na rede elétrica. Para isso, utiliza a do tomógrafo ecológico (penetrógrafo), equipamento que auxilia no diagnóstico da saúde das árvores, ampliando a eficácia da poda da vegetação. Com ele, é possível fazer simulações para analisar a intensidade de ventos que determinada árvore aguentaria, por exemplo.

Para o serviço de poda de árvores próximas à rede foram investidos R$ 2,3 milhões. Ao longo deste ano também foram substituídos mais de 68 km de rede, instalados 49 religadores automáticos, que limitam o impacto das ocorrências com interrupção do fornecimento de energia, mais de 13.300 espaçadores de rede e substituídos cerca de 800 postes.

Dentro dos avanços tecnológicos há ainda a utilização do Drone SIAD-AERO (Sistema Autônomo-Cooperativo de Planejamento e Execução de Inspeção de Ativos de Energia). O equipamento é composto por uma plataforma integrada com sensores que geram imagens das redes elétricas por meio de voos e, a partir de algoritmos com uso de inteligência artificial, diagnosticam o melhor plano de manutenção das subestações e redes.

“Todo esse trabalho é feito para que a gente possa passar um Verão mais tranquilo. Sabemos que as tempestades, ventos e as descargas atmosféricas acabam complicando um pouco mais a rede. Então, agora, quando a gente fala da Operação é sobre colocar em prática tudo o que a gente planejou. Para isso, aumentamos o contingente e as equipes estão mais preparadas. Por isso é importante usarmos toda essa tecnologia a nosso favor”, comentou o gestor executivo.

Quando a queda de energia atende um número maior de pessoas, afetando diversos bairros da cidade, a dificuldade na comunicação com a distribuidora é uma das reclamações por parte dos usuários. Por isso, a EDP também tem ampliado as possibilidades de atendimento ao público. Atualmente, 97% das chamadas pelo Call Center da EDP são atendidos em até 30 segundos e para a Operação Verão o efetivo da central de atendimento será ampliado em mais de 20%.

Ainda assim, o congestionamento de chamadas acontece em dias de temporais mais intensos. Por isso, foram incorporadas aos seus sistemas novas tecnologias de inteligência artificial nos canais de SMS e chat da agência virtual e aplicativo. Estes canais decodificam os textos escritos pelos clientes de forma automatizada, consultam a base de dados da Companhia e respondem à demanda de forma mais ágil e eficiente.

Sem depender da central de atendimento telefônico, a solicitação do cliente relacionada a interrupção no fornecimento pode ser rapidamente registrada, enviando SMS para 28037, com a mensagem Falta Luz. Outras opções são o portal www.edponline.com.br e o aplicativo EDP Online.


Deixe seu comentário