Em Mogi, 4,5 mil crianças esperam vagas em creche | O Diário de Mogi
FILA

Em Mogi, 4,5 mil crianças esperam vagas em creche

Oportunidades vão surgindo de acordo com remanejamento realizado pela secretaria Municipal de Educação. (Foto: Eisner Soares)
Oportunidades vão surgindo de acordo com remanejamento realizado pela secretaria Municipal de Educação. (Foto: Eisner Soares)

Até segunda-feira, 4.588 crianças aguardavam vagas para as creches de Mogi das Cruzes. Ontem, este número caiu para 4.553, com 35 novas matrículas feitas, segundo dados da Secretaria Municipal de Educação. As novas oportunidades vão surgindo de acordo com um remanejamento feito pela Pasta. O processo fica ainda mais ágil devido ao sistema informatizado do setor, utilizado desde 2012.

“O que acontece é que se no começo do ano o aluno consegue uma vaga em uma unidade que não seja em um endereço tão próximo, no meio do ano nós tentamos fazer o ajuste, de acordo com as mudanças nas creches, para ajeitar tudo. Com isso, surgem outras vagas, porque também há as famílias que se mudam. Desta maneira, fazemos o remanejamento e esse número da fila de espera muda diariamente, mas sempre para menos e nunca para mais”, explicou Juliana Guedes, secretária municipal de Educação.

Este número da fila de espera considera as crianças que já estavam inscritas no Cadastro Municipal Unificado, que concentra a demanda para 0 a 3 anos em período integral. Para o berçário foram feitas 1.633 inscrições novas e para o inicial – que atende os alunos de um a dois anos – houve outros 1.201 cadastros. Por serem alunos muitos novos fica difícil zerar a fila.

“Temos muitas inscrições de bebês de quatro meses a dois anos e nós conseguimos andar com a fila dos mais velhos. Mas ainda assim, temos muitos relatos de famílias que se mudam para Mogi por encontrarem aqui educação e saúde de qualidade. Fora isso, vão nascendo outras crianças, a Cidade vai crescendo, então, fica difícil”, comentou Juliana.

Atualmente, os bairros com maior número de inscritos são Jundiapeba, Jardim Esperança/Jardim Aeroporto III, Mogi Moderno e Jardim Camila. Tentando minimizar a fila, a Prefeitura tem 14 novas creches programadas.

Quatro delas estão em fase final de licitação, com investimento previsto de R$ 8 milhões. As novas unidades serão construídas em um novo modelo arquitetônico sustentável. Duas serão implantadas em Jundiapeba e uma no Mogi Moderno com capacidade para 195 alunos cada. A unidade do Jardim Universo atenderá 137 alunos. Ao todo são 722 novas vagas. O prazo para a construção das unidades é de 12 meses.

Além disso, foram desapropriados terrenos para construção de mais cinco novas unidades, sendo elas na Vila Natal, Jardim Camila, Vila Cintra, Jardim Santos Dumont e Jardim Esperança, que oferecerão outras 975 vagas.

No dia 31 de julho, foram encerradas as inscrições, quando até então haviam sido feitas 258 matrículas. Caso surjam novas vagas, o critério para seleção do aluno é o setor residencial, a turma que a criança está incluída de acordo com a faixa etária e renda per capita. Para as crianças de 4 e 5 anos, que fazem parte da fase obrigatória, não existe espera.

A secretária afirmou ainda que todos estes dados coletados durante o ano serão compilados a fim de que possam ser aplicados no planejamento da Educação para 2019.