ARTIGO

Entre as melhores cidades do Brasil

Marcus Melo

Mogi das Cruzes é uma das melhores cidades para se morar no Brasil e os contínuos investimentos em equipamentos e serviços públicos para impulsionar o desenvolvimento social constroem as sólidas engrenagens do crescimento econômico. Ainda há muito a melhorar em todas as áreas, mas isso não elimina os avanços já alcançados. E descortina um horizonte promissor para Mogi das Cruzes. Estamos no 68º lugar no ranking de 2019 das 100 melhores cidades para fazer negócio. Avançamos 16 posições em relação a 2017, quando ocupávamos o 84º posto e subimos sete degraus em comparação com o ano passado.

Mogi deixou para trás oito capitais brasileiras, assim como municípios paulistas com orçamento três vezes maior que o mogiano, além de figurar como a 29ª cidade mais promissora do Estado. Nesse estudo elaborado pela consultoria Urban Systems para a Revista Exame, foram considerados 27 indicadores em sete eixos: sociodemográfico, econômico, saúde, educação, financeiro, transporte e infraestrutura.

O desenvolvimento social é importante para atrair empreendedores porque as empresas buscam cidades com profissionais qualificados, infraestrutura adequada e boa qualidade de vida. Foi assim que Mogi avançou no ranking. Por exemplo, na Saúde temos grandes obras em andamento, como o CIAS – que terá Clínica Especializada na Saúde do Homem, para Pessoa Com Deficiência, Pró-Híper para os idosos e um novo centro de fisioterapia e reabilitação – a nova UPA de Jundiapeba e a Maternidade Municipal, cujas obras serão iniciadas ainda neste mês.

Em educação, nossa Cidade investe mais que o dobro da média nacional e quase 15% acima da aplicada pelos 100 municípios do ranking. São mais de 47 mil alunos na rede municipal, sendo metade em período integral. Todos os nossos estudantes têm acesso a equipamentos como tablets e chromebooks, realidade virtual, games educativos e outros recursos tecnológicos. Há 25 mil mogianos aprendendo inglês, francês e espanhol no Mogilínguas, plataforma on-line gratuita. Em breve, passaremos a ensinar inglês já a partir dos 3 anos de idade.

Ao mesmo tempo, investimos pesado em qualificação profissional, com cursos gratuitos na Escola de Empreendedorismo e Inovação e no Crescer. Tudo, associado ao premiado Polo Digital, ao qualificado ensino superior gratuito nas unidades mogianas da Univesp e da Fatec e ao planejado Centro de Inovação Tecnológica. São apenas amostras dos fatores que colocam Mogi no Top 100 do Brasil. Que venham os novos negócios!

Marcus Melo, administrador de empresas, é prefeito de Mogi das Cruzes/SP

Deixe seu comentário