BALANÇO

Equipamento de reconhecimento facial e drones reforçaram a segurança no Divino

TECNOLOGIA O Secretario municipal de segurança Paulo Roberto Madureira Sales mostra a exatidão do programa. (Foto/ Laércio Ribeiro)
TECNOLOGIA O secretário municipal de segurança Paulo Roberto Madureira Sales mostra a exatidão do programa. (Foto/ Laércio Ribeiro)

O equipamento de reconhecimento facial e os droners importados recentemente da China pela Prefeitura de Mogi das Cruzes foram colocados em operação na tradicional Festa do Divino, no Centro Municipal Integrado Maurício Najar, no Mogilar, e nas ruas que serviram como palco para a denominada ‘Entrada dos Palmitos’ levaram à segurança máxima na Cidade como avaliou ontem Paulo Roberto Madureira Salles, secretário Municipal de Segurança.

“É uma tecnologia da China e estamos testando os equipamentos na Festa do Divino. O reconhecimento facial é voltado à localização e prisão de pessoas procuradas pela Justiça e também aquelas que estão desaparecidas. Temos um Banco de Dados que foi oferecido pela Polícia Civil, Polícia Militar e o Sistema Penitenciário”, afirmou Salles.

Ele ainda informou que “Além do mais, entramos no sites das ongs de desaparecidos e sempre atualizamos esses dados, o que é muito bom. Se qualquer uma dessas pessoas tiverem acesso à Festa do Divino elas serão localizadas. É uma tecnologia de ponta e toda a Festa do Divino está sendo monitorada o sistema de reconhecimento facial”.

Para o secretário municipal de segurança o índice de eficácia dos equipamentos atinge de 90 a 100%. “Nesta quinta-feira tivemos uma situação interessante, um suspeito disfarçado estava ingressando na festa, passou rapidamente por uma catraca, mas saiu e foi embora. A equipe que permanecia no ônibus da Guarda Municipal em questão de segundos verificou no aparelho de reconhecimento facial que tratava-se de um procurado, o equipamento emite um sinal, mas quando os guardas que ficam mantendo a segurança na festa, se preparavam para deter o suspeito, ele fugiu”, detalhou Salles

A inovação nesse trabalho de segurança mantido pela Prefeitura Municipal vai mais longe. O secretário explicou que o prefeito Municipal Marcus Melo pretende ampliar o sistema de reconhecimento a diversos pontos de Mogi das Cruzes através das câmeras de monitoramento que já cobrem uma ampla área.

“O projeto que já está em fase de licitação se Deus quiser e ele quer, vai ser o primeiro programa da América do Sul. Hoje, algumas cidades do Brasil tem uma parte do programa. O nosso é a última tecnologia de ponta que tem no mundo e leva de três a cinco segundos para fazer o reconhecimento facial e também de veículos, o que também é importante. Neste caso, já com o programa total funcionando, não será mais preciso abordar o veículo e pará-lo, pois se o condutor for procurado ou tiver algum interesse criminal ou civil, já será detido de imediato. O equipamento tem um significado prós preventivo”, garante o secretário Salles.

Ele falou que foi com uma comitiva à China e viu de perto o sucesso dos equipamentos. “Pela primeira vez, acompanhamos a Entrada dos Palmitos com drones e o sistema de reconhecimento facial, são ferramentas avançadas e necessárias à segurança do Município”, finalizou o secretário Paulo Roberto Salles.