FUTEBOL AMADOR

Equipes do Alto Tietê buscam evolução no Paulista de 7

SELECIONÁVEL Feijão que defendeu a Seleção Brasileira, em jogo por Mogi no Paulista de Futebol de 7. (Foto: divulgação - Alexmar Comunicação)
SELECIONÁVEL Feijão que defendeu a Seleção Brasileira, em jogo por Mogi no Paulista de Futebol de 7. (Foto: divulgação – Alexmar Comunicação)

A temporada 2020 promete para os times da Região do Alto Tietê no Campeonato Paulista de Futebol de 7. A equipe Mogi/Galo de Ouro retomou os treinamentos nesta semana na esperança de uma melhor colocação no Campeonato Paulista de 2020, que ainda não tem data marcada para começar, e seus integrantes atuam na busca de apoio para jogar a Copa do Brasil. Biritiba Mirim espera avançar de fase no estadual, enquanto a maior expectativa fica para o time de Santa Isabel, atual vice-campeão do Paulistão 2019, e também espera por dias melhores na próxima temporada.

O maior detalhe na temporada 2019 do estadual é de que todos os times do Alto Tietê caíram diante da Ponte Preta, que faturou o título. O Mogi parou na primeira etapa do Paulista e não se classificou para o mata-mata.

O time mogiano precisava vencer a Ponte Preta, mas empatou em 3 a 3, ficou de fora da segunda fase – obteve o 9º lugar, com 15 pontos, quando somente os oito melhores avançaram- e com apenas dois pontos de diferença do Atibaia.

Na campanha, o Mogi realizou 12 jogos, com quatro vitórias, três empates e cinco derrotas. A equipe marcou 27 gols, mas sofreu 26. “Agora estamos nos preparando bem e está tudo se encaminhando de forma legal e estaremos com um time mais jovem na temporada”, afirmou Alexandre Moraes, o Xandy, jogador e dirigente do time.

O Biritiba Mirim avançou para a segunda fase, com a sétima melhor campanha, com 19 pontos em 12 duelos. Mas o time parou na etapa quartas de final. A eliminação ocorreu diante da Ponte Preta. No Paulista, o time realizou 14 partidas, com seis vitórias, dois empates e seis derrotas. Foram marcados 34 gols, mas a equipe sofreu 26.

Já Santa Isabel teve a melhor campanha da primeira fase do Paulista, com 27 pontos em 12 partidas e um ponto a mais do que a Ponte Preta e dois a mais do que o Nacional (Capital).

A equipe eliminou o Corinthians na semifinal, com uma vitória e uma derrota, no saldo de gols. Mas perdeu a decisão diante da Ponte Preta, por 1 a 0 no shoot-outo, após empate sem gols no tempo normal.

Na cmapanha final do Paulista, Santa Isabel disputou 17 jogos, com 11 vitórias, quatro empates e duas derrotas. O ataque do time marcou 40 gols no estadual e sofreu 24 – a melhor defesa com média de 2,18 tentos por partida – e ainda teve Ygor Perdão como o artilheiro, com 11 gols.


Deixe seu comentário