TEATRO

Espetáculo ‘Imigra’ estreia no Centro Cultural de Mogi

PROTAGONISTAS Bailarinos Seheilen Toyama e Cassiano Takaoka fazem da dança contemporânea o ponto de encontro de uma gestualidade única e peculiar. (Foto: divulgação - Jony Ueda)
PROTAGONISTAS Bailarinos Seheilen Toyama e Cassiano Takaoka fazem da dança contemporânea o ponto de encontro de uma gestualidade única e peculiar. (Foto: divulgação – Jony Ueda)

Mais um espetáculo com a marca de Fernanda Moretti Arte do Movimento estreia nesta terça-feira, dia 10, no palco do Centro Cultural de Mogi das Cruzes. Será às 20 horas. De graça. ‘Imigra – Um Conto Descrito no Corpo’ será apresentado também no Casarão do Chá no domingo que vem, dia 15, com ingresso gratuito. “Trata-se de uma obra carregada de história e ancestralidade” resume Fernanda, bailarina, produtora e diretora, autora de trabalhos que propõem integrar culturas, linguagens e seres humanos.

Financiado pelo Programa de Fomento à Arte e Cultura de Mogi das Cruzes (Profac), o espetáculo traz à cena o tema da imigração japonesa como simbolismo aos processos migratórios de todo ser, tanto na vida quanto na formação do indivíduo. “Questiona as fluências que nos percorrem e as influências que nos modificam e investiga a força do feminino e a delicadeza masculina”, completa Fernanda Moretti, responsável pela escola de dança.

A grande atração deste projeto, detalha ela, é assistir aos bailarinos e intérpretes-criadores Seheilen Toyama e Cassiano Takaoka em parceria nas coreografias. Ela de formação clássica e ele vindo das danças populares,  fazem da dança contemporânea o ponto de encontro de uma gestualidade única e peculiar que trazem no corpo expressivo.

O cenário e figurino, acrescenta Fernanda, destacam a sensibilidade artística da experiente Vanessa Oliveira e a trilha sonora foi especialmente composta por Danilo Meirelles, Enrique Adalantado, espanhol radicado em Mogi há muitos anos, e Maryhelen Batista, responsável também pela gravação no Studio Pio, de São José dos Campos. “A trilha comporta também trechos de Alício Amaral, que gentilmente cedeu a obra para o espetáculo e convidou para uma apresentação em seu espaço na capital”, conclui Fernanda.

O endereço do Centro Cultural é Praça Monsenhor Roque Pinto de Barros, 360, no centro de Mogi das Cruzes, e o Casarão do Chá, palco da segunda apresentação do espetáculo ‘Imigra’, fica na Estrada do Chá, caixa 5, no bairro do Cocuera.


Deixe seu comentário