MOGILAR

Estudante de 15 anos é atacado por um cão em Mogi

A Polícia adotou as primeiras medidas ontem para identificar e apurar o ataque de um cão bravo solto na tarde desta quarta-feira, contra o estudante Bruno dos Santos Evaristo, de 15 anos, na rua José Moreira Filho, no bairro do Mogilar.

O garoto foi mordido em uma das coxas e com muita dificuldade se livrou do cão. Ele foi socorrido ao Hospital Luzia de Pinho Melo, onde recebeu cuidados médicos e foi liberado. A secretária Antonia Maria dos Santos, mãe de Bruno dos Santos, compareceu ao Distrito Central, em Mogi, e formalizou uma queixa no começo da noite de quarta-feira.

Orientado pelo delegado Guilherme Cyrino, o escrivão Vicente Paulo de Souza elaborou o boletim de ocorrência sobre omissão na cautela ou guarda de animal. Segundo a mãe de Bruno relatou aos policiais, o dono do cachorro deixou ele solto na rua José Moreira Filho e quando o seu filho passou foi atacado. A ocorrência já está sendo investigada visando identificar o proprietário do cão. Somente quando ele for à delegacia será possível saber o motivo de o cachorro estar em liberdade e se está com ‘as vacinas’ em dia.

Deixe seu comentário