INFORMAÇÃO

Expectativas com a resposta de secretário

Acesso ao Taboão e asfalto na Volta Fria são as prioridades

À medida que o tempo vai passando, crescem as expectativas em relação às possíveis obras que o secretário de Logística e Transportes do Estado, João Octaviano Machado Neto, poderá anunciar para a cidade. Ao visitar Mogi das Cruzes, na última sexta-feira, o secretário pediu uma semana de prazo para analisar as reivindicações que lhe foram entregues por representantes políticos locais. Entre as principais solicitações, duas se destacam: a pavimentação da Estrada da Volta Fria com a construção de uma nova ponte na região do bairro do Rio Abaixo e a liberação para instalação de um novo acesso ao futuro distrito industrial do Taboão, a partir da Rodovia Ayrton Senna. A questão da Volta Fria tem especial importância para complementar o sistema viário daquela região da cidade, a ser beneficiada com a conclusão da Avenida das Orquídeas, em fase final de construção pela Prefeitura de Mogi. Depois de asfaltada, a via passará a ser uma importante opção para os motoristas vindos da Mogi-Dutra, em direção a Braz Cubas, Jundiapeba ou Suzano. Já o acesso ao Taboão é uma antiga reivindicação dos empresários integrantes da Associação Gestora do Distrito Industrial do Taboão (Agestab). A acesso é visto como virtual propulsor do desenvolvimento de uma das últimas áreas da Grande São Paulo classificadas como Zona de Uso Predominantemente Industrial (ZUPI-1), destinadas a receber empresas de grande porte. Por conta dessas justificativas é que o prometido pronunciamento do secretário Octaviano Neto é aguardado com tanta expectativa. Por meio dessas obras, o governo de João Doria (PSDB) pode dar uma vigorosa ajuda para o desenvolvimento de Mogi e Alto Tietê. As decisões do secretário serão também um teste para o poder de fogo dos políticos da região, a maioria deles ligada ao atual governador. Vale ficar de olho e esperar para conferir.

Negativa
O Centro Universitário Braz Cubas voltou a negar rumores que circulam pela cidade dando conta de uma suposta aquisição de seu patrimônio por um importante grupo educacional da Capital. Em nota, a instituição afirma: “A Sociedade Educacional Braz Cubas Ltda, mantenedora do Centro Universitário Braz Cubas, informa que não houve qualquer negócio envolvendo a instituição e que as famílias proprietárias e fundadoras continuam as mesmas, sem qualquer alteração em seu contrato social.”

Renovação
O Ibama renovou, pela primeira vez, por um período de10 anos, a licença de operação da linha de transmissão em 750 kV de Furnas entre Taberá e Tijuco Preto III, em Mogi das Cruzes. O linhão – como é chamado -, fundamental para o abastecimento de energia elétrica do País, possui 360 km e abrange 17 municípios paulistas, entre eles, Mogi, Suzano, São Paulo, São Bernardo, Santo André e Rio Grande da Serra.

Pump tracks
O vereador Diego de Amorim Martins, o Diegão (MDB) está sugerindo ao prefeito que implante as chamadas pump tracks nos parques da cidade. Pump tracks são pistas com elevações e curvas sinuosas, onde os amantes de esportes radicais podem se aventurar em fazer manobras e até realizar campeonatos com bicicletas especiais. “Uma alternativa barata e diferente de proporcionar mais uma opção de esporte e lazer e de inclusão social”, alegou Diegão.

Punição
Circula pela internet um abaixo-assinado virtual pedindo punição para o vereador Mauro Araújo (MDB) por críticas feitas por ele a um grupo de manifestantes que compareceu à Câmara, no último dia 6. Segundo o documento, Araújo teria classificado como “trouxas” quem colava cartazes contra o aumento do IPTU e, com isso, ferido o decoro parlamentar, na opinião dos idealizadores do documento.

Frase
O Brasil passa por uma sucessão de fatos e desastres evitáveis e preveníveis.
Raquel Dodge, procuradora-geral da República, sobre as recentes tragédias de Mariana, Brumadinho e Rio de Janeiro (Ninho do Urubu)